Aleteia logoAleteia logoAleteia
Quinta-feira 29 Fevereiro |
Aleteia logo
Religião
separateurCreated with Sketch.

Latinos realizam encontro para homenagear Papa Francisco

jythcq7itjfnxkbrj5whezidpztt_gn1yz1anf1qm0bbyi8efybjbhcenf_wq6ab3nrvz5tlkxrqukawugnvimn_dg_p.jpg

Christiane Sales - Aleteia Vaticano - publicado em 19/03/14

Comissão Pontifícia convocou o encontro para celebrar o primeiro ano de Francisco

Os latino-americanos se reuniram em um evento para celebrar o primeiro ano de Francisco e meditar os ensinamentos do pontífice dirigidos ao continente. O encontro, realizado em Roma, contou com a participação de sacerdotes, religiosos e leigos do continente. Para o presidente do Pontifícia Comissão para a América Latina (CAL), cardeal Marc Ouellet, o primeiro ano de Francisco foi marcado pelas surpresas de Deus e do Pontífice.

“Surpresa na eleição do nome Francisco que anuncia a reforma da Igreja de uma forma nada convencional. Surpresa do continente de onde provém. Surpresa pela casa de residência, pelo estilo estendido e espontâneo que favorece a familiaridade. O Papa age assim não pelo gosto de surpreender, mas pelo desejo de imitar a Deus que se inclina por misericórdia”, disse o cardeal.

De acordo com o cardeal, o Papa Francisco reúne em si todas as grandes características de Santo Inácio, fundador da Companhia de Jesus: “soldado pronto aos sacrifícios, peregrino mendicante com desejo de evangelizar, líder de homens de extraordinária capacidade”. Ouellet lembra que os jesuítas são missionários e que essa é a grande característica de Francisco. “As multidões que vão as audiências e ao ângelus mostram que a atração não é uma curiosidade passageira”.

As palavras do Papa Francisco dirigidas aos bispos e leigos do continente por ocasião da Jornada Mundial da Juventude e do Congresso da CAL no México, em 2013, também foram relembradas pelos participantes. Para o secretário da CAL, prof. Guzmán Carriquiry, ter o primeiro Papa latino-americano na Igreja significa maior responsabilidade para os católicos do continente que são chamados a colaborar de perto com o ministério de Francisco.

De acordo com ele, a grande resposta que se pode dar é retribuir o anúncio recebido nas “terras ressequidas da fé”. “Creio que estamos num tempo de revolução evangélica. É uma possibilidade tremenda de renovamento católico”, disse. 

Tags:
IgrejaMundoPapa Francisco
Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia