Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Sábado 31 Outubro |
Beato Domingos Collins
home iconEstilo de vida
line break icon

Coração, santuário onde me encontro com Deus

Africa Studio

Vivificat - publicado em 22/04/14

Nele, aprendemos a nos vincular às pessoas do mundo sobrenatural: Maria, Cristo, Deus Pai, o Espirito Santo

O Pe. Kentenich, fundador do Movimento Apostólico de Schoenstatt, começou a falar, em seus últimos anos de vida, do “santuário do coração”. De toda a rede de santuários, o mais importante, para ele, é justamente o santuário do coração.

Mas como era sua concepção do coração como santuário? Para o Pe. Kentenich, o nosso coração é um santuário de Nossa Senhora. Ela modela e transforma nosso coração, tornando-o cada vez mais uma morada de Deus e templo da Santíssima Trindade. Cada um é e há de ser um santuário vivo, habitado pelo Deus uno e trino, consagrado e entregue a Ele.

Todos nós aprendemos esta verdade nas aulas do catecismo. E todos nós já lemos alguma vez na Bíblia sobre este mistério: “Não sabeis que sois um templo de Deus e que o Espírito Santo habita em vós?”.

Mas a pergunta é: será que vivemos realmente este mistério? Podemos apenas conhecê-lo, mas estar pouco unidos e vinculados a este Deus que mora em nós. Talvez estejamos buscando Deus fora, quando na verdade Ele está dentro de nós. Por isso, precisamos buscá-lo muito mais em nosso interior, no fundo da nossa alma.

Depois de encontrar Deus no nosso coração, a grande tarefa é vincular-nos a Ele. O Pe. Kentenich sugere três atitudes para viver esta relação com Deus:

1. Olhar com fé para o Deus do meu coração: perceber sua presença e contemplá-lo, ver o que Ele fala e como age em mim, aprender a fazer silêncio, a parar de vez em quando.

2. Falar com o Deus que mora no meu coração: aprender a conversar com Ele ao longo do dia sobre as minhas coisas, minhas preocupações, anseios; orar espontaneamente, rezar jaculatórias, expressar-lhe meu amor filial.

3. Fazer sacrifícios pelo Deus do meu coração: para manifestar-lhe meu amor maduro e tornar-me solidário com Cristo sofredor, oferecer-lhe meu capital de graças, ou seja, minha luta diária por superar-me e crescer em santidade.

O Pe. Kentenich explica, a respeito disso: “Se nós, homens modernos, descobríssemos novamente Deus dentro de cada um, então sempre nos sentiríamos tranquilos, serenos e seguros. Se redescobrimos o Senhor em nosso interior, e a ação do Espírito Santo, isso será de grande importância para a nossa vida espiritual e também para a nossa saúde mental e física” (“Meu coração, teu santuário”, 60).

Daí vem a importância do santuário-coração. Nele, aprendemos a nos vincular às pessoas do mundo sobrenatural: Maria, Cristo, Deus Pai, o Espirito Santo. Nele, recebemos as graças do arraigo profundo, da transformação interior, da fecundidade apostólica. E, assim, vamos crescendo e amadurecendo, até nos tornarmos santuários vivos de Nossa Senhora e de Deus.

Entre estes vínculos, o mais importante é o vínculo com Deus Pai. Este é o principal desafio do nosso santuário do coração: crescer em nossa atitude de filhos diante dele. Isso é decisivo para a nossa felicidade pessoal. Da nossa condição de filhos depende também nosso êxito como apóstolos.

Esta é a atitude de um filho adulto que compartilha responsabilidades com seu Pai, que forja história junto dele. É um filho que luta por um mundo digno do Pai, no qual reinam os valores da verdade, da justiça e do amor. É um filho que se sente chamado a construir a nação de Deus Pai, forjar um reflexo do seu Reino celestial no meio do nosso mundo.

Perguntas para a nossa reflexão:

1. Eu sou esse santuário vivo que irradia o amor ao Senhor, a união indissolúvel com o coração de Deus?

2. Sinto-me construtor de um mundo novo?

3. Que atitude concreta posso adotar para me relacionar com o Deus do meu coração?

(Pe. Nicolás Schwizer)

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Tags:
Amor
Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
Brasileira Simone Barreto Silva é vítima de ataque terrorista na catedral de Nice
Reportagem local
Brasileira é vítima no ataque terrorista na c...
Reportagem local
França: atentado na basílica de Notre Dame em...
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma ...
Pe. Robson de Oliveira
Francisco Vêneto
Defesa desmente Fantástico, da TV Globo, em n...
Aleteia Brasil
O milagre que levou a casa da Virgem Maria de...
Reportagem local
Corpo incorrupto de Santa Bernadette: o que o...
Philip Kosloski
3 poderosos sacramentais para ter na sua casa
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia