Aleteia logoAleteia logoAleteia
Quarta-feira 21 Fevereiro |
Aleteia logo
Religião
separateurCreated with Sketch.

O Papa está do lado de vocês

Clarissa Oliveira - Vatican News - publicado em 23/04/14

“Por que buscais entre os mortos aquele que está vivo?” (Lc 24,5), a advertência que nos ajuda a sair dos nossos espaços de tristeza

Na catequese de hoje, o Papa Francisco relembrou que esta semana é a semana da alegria, pois continuamos celebrando a Ressurreição de Jesus.

Francisco se deteve num trecho do Evangelho de São Lucas em que o Anjo pergunta às mulheres que procuravam o corpo de Jesus: “Por que buscais entre os mortos aquele que está vivo?” (Lc 24,5). 

“Estas palavras são como uma pedra de tropeço se não nos abrimos a Boa Notícia, se pensamos que incomoda menos um Jesus morto que vivo. Quantas vezes procuramos a vida entre as coisas mortas, nas coisas que não podem gerar vida?”, disse o Papa. 

O Papa sublinhou que tantas vezes procuramos a esperança na vaidade mundana, no dinheiro, no sucesso. “Por que você está procurando ali? – prosseguiu – Aquilo não pode lhe dar a vida! Possivelmente lhe dará uma alegria momentânea. E depois? ‘Por que buscais entre os mortos aquele que está vivo?’ ”. 

No meio da catequese, ele convidou os fiéis a repetirem a pergunta do anjo três vezes: “Por que buscais entre os mortos aquele que está vivo?”. Completou dizendo que seria importante voltar a refletir sobre isto durante este dia. “A advertência do anjo nos ajuda a sair dos nossos espaços de tristeza e nos abre ao horizonte da alegria e da esperança. Aquela esperança que remove as pedras dos sepulcros e encoraja a anunciar a Boa Nova, capaz de gerar vida nova aos outros”, disse o Papa.

Durante a saudação aos peregrinos de língua italiana, o Papa, contou que recebeu um vídeo com um apelo dos operários de uma fábrica que está fechando na cidade de Piombino. “Fiquei comovido, fiquei triste”, revelou o Papa Francisco e deixou uma mensagem: “Queridos operários, queridos irmãos, sobre seus rostos estava pintada uma verdadeira tristeza e preocupação de pais de famílias que pedem apenas seus direitos de trabalhar para viver com dignidade, proteger, nutrir e educar os próprios filhos. Estejam seguros da minha presença e da minha oração, não desanimem, o Papa está ao vosso lado e reza por vocês, para que quando se apagam as esperanças humanas, permaneça sempre acesa a esperança Divina que não decepciona nunca. Queridos operários, queridos amigos, lhes abraço fraternalmente. A todos os responsáveis peço, que façam todo esforço de criatividade e generosidade para reacender a esperança no coração desses nossos irmãos e nos corações de todas as pessoas desocupadas por causa do desperdício e da crise econômica. Por favor, abram os olhos e não permaneçam de braços cruzados.”

As palavras de Francisco comoveram os fiéis que reagiram com um forte aplauso. Continuando, ele agradeceu por todas as felicitações de “Boa Páscoa” que recebeu e pediu novamente que os fiéis continuem a rezar por ele e seu serviço a Igreja.

(Com Rádio Vaticano)

Tags:
EsperançaJesusPapa FranciscoRessurreiçãoVida
Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia