Aleteia
Quarta-feira 21 Outubro |
São Bertoldo de Parma
Atualidade

Holocausto foi 'o crime mais atroz' da era moderna, diz Abbas

<p>Mahmud Abbas no dia 26 de abril de 2014 em Ramallah</p>

AFP - publicado em 27/04/14

Abbas já condenou o Holocausto no passado. No entanto, alguns líderes do Hamas - que prometeu a destruição do Estado de Israel - negaram

A morte em massa de judeus no Holocausto foi "o crime mais atroz" contra a Humanidade da era moderna, declarou neste domingo o presidente da Autoridade Palestina, Mahmud Abbas, em suas afirmações mais enérgicas sobre o genocídio nazista.

A declaração, divulgada através de um comunicado, foi feita num momento delicado para os esforços de paz patrocinados pelos Estados Unidos.

Israel suspendeu as já estancadas negociações na semana passada, depois de Abbas chegar a um acordo com o Hamas para formar um governo de unidade.

Em um comunicado divulgado em inglês, poucas horas antes de Israel iniciar a cerimônia em memória do Holocausto, na noite deste domingo, o líder palestino manifestou suas condolências às famílias dos seis milhões de judeus que foram assassinados pelo regime nazista.

"O que aconteceu com os judeus no Holocausto foi o crime mais atroz que ocorreu contra a Humanidade na era moderna", disse Abbas.

Também expressou suas "condolências às famílias das vítimas e a muitas outras pessoas inocentes que foram assassinadas pelos nazistas".

"Na cerimônia incrivelmente triste do Dia do Holocausto, fazemos um apelo ao governo israelense para que aproveite a oportunidade atual de concluir uma paz justa e completa na região, baseada na visão de dois Estados, Israel e Palestina, vivendo um ao lado do outro em paz e segurança", acrescentou.

Ao anoitecer, Israel iniciará os atos em memória do Dia do Holocausto, incluindo dois minutos de silêncio para lembrar as vítimas do genocídio nazista.

Abbas já condenou o Holocausto no passado. No entanto, alguns líderes do Hamas – que prometeu a destruição do Estado de Israel – negaram e manifestaram dúvidas sobre a magnitude deste genocídio.

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Tags:
judeusPecado
Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
Aleteia Brasil
Quer dormir tranquilo? Reze esta oração da no...
CARLO ACUTIS
John Burger
Como foram os últimos dias de vida de Carlo A...
violência contra padres no Brasil
Francisco Vêneto
Outubro de cruz para padres no Brasil: um per...
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma ...
No colo de Maria
Como rezar o terço? Um guia ilustrado
Pe. Gilmar
Reportagem local
Padre é encontrado após três dias desaparecid...
CHILE
Reportagem local
Duas igrejas são incendiadas durante protesto...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia