Aleteia logoAleteia logoAleteia
Quinta-feira 22 Fevereiro |
Aleteia logo
Atualidade
separateurCreated with Sketch.

Por que o “selfie” é tão popular?

selfie specchio – pt

© Leo Hidalgo (@yompyz)

Aleteia Brasil - publicado em 29/04/14

Uma reflexão histórico-artística para entender como chegamos a esta verdadeira obsessão pela própria imagem

Por que virou moda o auto-retrato fotográfico? Um artigo publicando dia 1 de abril pelo jornal italiano Messaggero buscou aprofundar este tema perguntando-se como chegamos a esta verdadeira obsessão pelo auto-retrato (mais ou menos artístico), e o auto-retrato em geral (hoje chamado universalmente de selfie)? De onde nasce a mania moderna do mito do Narciso, enamorado da própria efígie?

A história do selfie

Um livro “O auto-retrato – uma história cultural” de Einaudi, busca responder a esta pergunta, mostrando como, através dos séculos, o homem, e os artistas em particular, buscaram representar a si mesmos, dos primeiros escribas, ao boom do Renascimento, e a estreia da fotografia e da escultura auto-referencial.

Espelho reflexo
O autor, o crítico e historiador da arte britânica James Hall, nunca usa a palavra selfie, mas utiliza o self-portrait como uma alavanca para compreender o fenônimo, para compreender como chegamos a este ponto. Um homem no espelho, supostamente o autor, aparece pela primeira vez, com toda a sua potência expressiva, no “O cônjuge Arnolfini”, do pintor flamengo Jan vzn Eyck, e o surpreendente “Homem com turbante”, que na metade do ano 400 pode ser chamado a primeira cultura do auto-retrato. Mas é o próprio espelho, e a sua difusão no mundo, que desencadeia a moda de retratar a própria imagem, e de utilizá-la como meio de promoção pessoal, assim como atualmente se coloca a melhor foto na home page do social network preferido.

Tags:
fotos
Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia