Aleteia
Quarta-feira 28 Outubro |
São Sálvio
Religião

Deus está cuidando de você

@DR

Carlos Padilla Esteban - publicado em 02/05/14

Sentir-nos amados do jeito que somos é a maior experiência que podemos ter nesta vida

Caminhamos pela vida querendo ser perfeitos, querendo suprir as expectativas dos outros. O Evangelho nos fala de um amor até o extremo da cruz, de braços pregados abertos, do amor sem limites de Jesus ressuscitado, do amor que cura a ferida profunda e inconfessável do coração, que levanta, que faz recomeçar.

A experiência da predileção de Jesus por Tomé certamente foi a rocha da vida do apóstolo, à qual ele voltava cada vez que se sentia perdido, fracassado. Jesus o amava assim como ele era.

Ele havia estado com Jesus, caminhou com Ele, compartilhou refeições, riu e sonhou junto ao Mestre. Pescaram juntos e contemplaram muitos entardeceres e amanheceres na Galileia. Muitas noites olhando as estrelas. Muitas conversas de amigos. Na Última Ceia, Jesus lhe mostrou o seu amor.

Mas Tomé, que amava tanto Jesus, ainda não o conhecia totalmente. Não sabia como era o coração de Jesus. Esse coração que se rompeu na cruz e do qual brotou a fonte que sacia a sede do mundo.

Tomé ainda não sabia que não precisava ganhar nada, nem demonstrar nada, porque o amor de Jesus era gratuidade, e o apóstolo o recebia simplesmente por ser quem era. Jesus jamais se distanciaria dele por causa do seu pecado.

Jesus voltou por ele, só por ele. Para que Tomé sentisse que o mestre o amava, que o preferia, que se submetia à sua petição. Acreditou nele, não deu a batalha por vencida diante da primeira queda. Jesus acreditou em Tomé mais do que Tomé acreditou em Jesus e nele mesmo. E Deus é assim. É difícil de acreditar.

Quando observamos os outros, parece que eles são melhores que nós, e podemos pensar que Deus os ama mais do que a nós. Mas Deus olha para mim. Vela por mim. Está desejando poder me dizer o quanto me ama, que volta por mim, que gosta de mim do jeito que eu sou. Ainda que agora eu duvide, sinta inveja e não seja capaz de alegrar-me pelo bem dos outros, ainda que minha ferida de amor sangre, Ele me ama.

Qual é a minha ferida de amor? Jesus me ama justamente nesta ferida. É nesta ferida que Jesus me reconhece.

E ao tocar a ferida do outro, sempre tocamos Deus. Porque a ferida é sagrada. E temos de nos aproximar dela de joelhos. Então podemos dizer: "Meu Senhor e meu Deus!".

Sentir-nos amados do jeito que somos é a maior experiência que podemos ter nesta vida. Sabemos amados por quem nos conhece de verdade, com nossas falhas, nossas feridas, nossas cruzes. É assim que Deus nos ama. E é assim que somos convidados a amar também.

Hoje, Jesus nos mostra este amor. Ele se mostra humilhado, ferido, sem reservar-se nada. Na Eucaristia, quando o Corpo de Cristo é partido e elevado, podemos dizer que este é o momento de Tomé. Jesus está aí, na minha frente, diante da minha própria ferida.

O amor de Deus transborda da sua ferida e nos convida a habitar no mais profundo do seu ser. É aí que descansamos. Aí podemos recobrar a vida. Aí podemos escutar o coração de Deus, a força de Deus, o amor infinito de Deus por nós.

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Tags:
AmorJesus
Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma ...
Philip Kosloski
3 poderosos sacramentais para ter na sua casa
Aleteia Brasil
Quer dormir tranquilo? Reze esta oração da no...
Aleteia Brasil
O milagre que levou a casa da Virgem Maria de...
No colo de Maria
Como rezar o terço? Um guia ilustrado
Pe. Zezinho
Francisco Vêneto
Duas emissoras brasileiras deturpam fatos em ...
Reportagem local
Corpo incorrupto de Santa Bernadette: o que o...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia