Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Terça-feira 02 Março |
Santa Inês de Boêmia
home iconAtualidade
line break icon

Nascida na Guerra Fria, OSCE pode ajudar a solucionar crise na Ucrânia

<p>Membros da OSCE são recebidos depois de terem sido libertados por separatistas ucranianos, em 3 de maio de 2014, a 40km de Donetsk.</p>

AFP - publicado em 05/05/14

Atualmente, a OSCE conta com 57 membros: Estados Unidos, Canadá, Rússia, Mongólia e todos os países europeus

Fundada em 1973, em plena Guerra Fria, a Organização para a Segurança e a Cooperação na Europa (OSCE) pode cumprir um papel fundamental na busca de uma solução para a crise na Ucrânia.

A organização teve sua origem na Conferência sobre a Segurança e Cooperação na Europa (CSCE), cuja primeira sessão ocorreu em 3 de julho em Helsinque e a última nos dias 30 de julho e 1º de agosto de 1975, na qual participaram Estados Unidos, Canadá, União Soviética e quase todos os países europeus, incluindo a Turquia.

Atualmente, a OSCE conta com 57 membros: Estados Unidos, Canadá, Rússia, Mongólia e todos os países europeus.

"A segurança alcança vários aspectos da forma como vivemos e somos governados. Para a OSCE, isso envolve três dimensões: o domínio político-militar, o domínio econômico e ambiental e o domínio humano", explica a organização em seu site.

Diante da degradação da situação na Ucrânia, os diplomatas recorreram à OSCE na tentativa de buscar uma solução diplomática.

O ministro alemão das Relações Exteriores, Franz-Walter Steinmeier, defendeu no domingo a organização de mesas-redondas com o conjunto das partes envolvidas nesta crise, sob a autoridade da OSCE.

O atual presidente da organização, o presidente da Confederação Suíça, Didier Burkhalter, falará sobre o tema na próxima quarta-feira em Moscou com o presidente russo, Vladimir Putin.

A proposta tem a aprovação do governo russo devido ao caráter consensual da OSCE e ao fato de que a organização é integrada por vários países que formam parte da zona de influência de Moscou.

Ferramenta de pacificação na Europa durante a Guerra Fria, a OSCE tem uma grande experiência em terra.

Atualmente, a OSCE tem missões em 15 países, particularmente nas repúblicas da ex-Iugoslávia, onde supervisiona os processos de democratização e vela pelo respeito dos direitos humanos.

O Conselho Permanente da OSCE decidiu no dia 21 de março mobilizar na Ucrânia uma missão especial de obervação.

A missão, de uma duração de seis meses, que pode ser renovada a pedido da Ucrânia, é integrada por mais de 120 observadores de 45 países.

A missão está baseada em Kiev, mas seu mandato engloba todo o território da Ucrânia.

Sua tarefa consiste em "reduzir as tensões e favorecer a paz, a estabilidade e a segurança".

Uma primeira missão havia sido enviada de 5 a 20 de março à Crimeia, onde as forças pró-russas não permitiram sua entrada.

A partir de 21 de março, outras missões de menor envergadura foram mobilizadas em várias cidades ucranianas, entre elas Slaviansk, onde 12 observadores permaneceram detidos por mais de uma semana, antes de serem libertados.

Tags:
ConflitosMundo
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
KOMUNIA NA RĘKĘ
Claudio de Castro
Padre chora copiosamente diante da falta de respeito com a Eucari...
2
missionárias mártires iêmen
Reportagem local
A corajosa última oração destas 4 freiras antes de serem mortas p...
3
PRAYER
Desde la Fe
Coisas que você não deve fazer na Missa e talvez não saiba
4
HOLY FAMILY
Philip Kosloski
A antiga oração a São José que é “conhecida por nunca ter falhado...
5
RECONSTRUCTED CHRIST
Lucandrea Massaro
Assim era Jesus: o misterioso Homem do Sudário, reconstruído em 3...
6
Kathleen N. Hattrup
O homem que beijou a testa do Papa diz que se curou em Lourdes
7
PRAY YOUNG
Arquidiocese de São Paulo
Rezar o terço sem contemplar os mistérios é válido?
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia