Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Sexta-feira 23 Julho |
Bem-aventurada Joana de Orvieto
home iconAtualidade
line break icon

Irmã Cristina: síndrome de Down, consagrada e missionária na África

© Ateneo Pontificio Regina Apostolorum

Reportagem local - publicado em 08/05/14

"Minha vida não mudou, mas eu mudei. Meu coração e minha fé se transformaram. Meu interior mudou, mas o exterior continua igual"

A irmã Cristina Acquistapace entrou na vida consagrada em 2006, aos 33 anos, e, diferentemente das demais religiosas de sua comunidade, nasceu com a síndrome de Down.

Em entrevista de 2014 ao jornal Roma Sette, da arquidiocese romana, ela declarou:

“Sou uma simples mulher de 41 anos que acredita na vida. Tive a felicidade de que a minha família não reduziu a minha pessoa à minha doença, mas acreditou no dom maravilhoso de Deus. A vida é um dom e precisa ser vivida como um dom”.

De fato, a vida dela não foi fácil, mas isso não a impediu de dar graças a Deus pelo imenso presente de viver:

“Vivi junto com a minha família uma vida difícil, amarga, dolorosa, mas isso não nos impediu de vivê-la como um dom, aceitando as nossas limitações e explorando os talentos que nosso Senhor me deu. Precisamos seguir em frente, apesar do cansaço. Penso no cansaço do nosso Senhor Jesus Cristo e isso me dá coragem para continuar adiante no meu caminho, com os olhos firmes no objetivo que eu quero alcançar. Enfim, a vida é uma viagem para a qual todos nós somos convidados, um caminho para todos”.

A síndrome de Down não impediu a irmã Cristina de realizar um dos seus maiores sonhos: ser missionária na África.

Depois de entrar na Ordem das Virgens em 2006, ela foi fazer uma experiência no Quênia com sua tia religiosa, o que a ajudou a “amadurecer na fé e na vocação como consagrada“, conforme ela própria conta. Essa experiência em Deus lhe trouxe felicidade e realização:

“Sou uma mulher feliz, realizada e contente, com uma missão particular. Não quero dizer que não sofri, mas o sofrimento faz parte da vida“.

A consagração a renovou, prossegue ela:

“Minha vida não mudou, mas eu mudei. Meu coração e minha fé se transformaram. Meu interior mudou, mas o exterior continua igual. Mudei meu jeito de me relacionar com a vida e comecei a ver as coisas com olhos diferentes, com uma atitude diferente e com uma consciência diferente. Viver a vida apesar de tudo, superando as dificuldades de cada dia. Quero viver a minha vocação dentro da minha família, da minha paróquia e da sociedade”.

O lema de vida da irmã Cristina é inspirado em São João Paulo II, que dizia:

“Pegue a sua vida na mão e faça dela uma obra-prima”.

____________

Com informações de Gaudium Press e RomaSette.it

Tags:
Síndrome de downVida
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
Aleteia Brasil
Sorrisão e joelhos: 2 pais brasileiros e seus bebês que emocionar...
2
CROSS;
Reportagem local
O que significa o sinal da cruz feito sobre a testa, os lábios e ...
3
Reportagem local
A arrepiante oração escrita pela mulher que está no corredor da m...
4
PRIEST-EUCHARIST-ELEVATION-HOST
Philip Kosloski
O que devemos rezar quando o padre eleva a hóstia e o cálice?
5
Mãe de Nina Rios, Fernanda Rocha Kanner exclui redes sociais da filha
Reportagem local
Brasil: médica exclui redes sociais da filha e recebe ataques e e...
6
Papa Francisco
Reportagem local
Papa: como não culpar Deus diante da morte de um ente querido
7
JENNIFER CHRISTIE
Jeff Christie
Minha mulher engravidou de um estuprador – e eu acolhi o bebê nas...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia