Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Quarta-feira 20 Outubro |
São Cornélio
Aleteia logo
home iconAtualidade
line break icon

Talibãs anunciam ofensiva de primavera

AFP

<p>Soldados afegãos em Cabul</p>

AFP - publicado em 08/05/14

Os talibãs afirmam que a permanência de militares estrangeiros em território afegão será combatida

Os talibãs anunciaram nesta quinta-feira o início iminente, na segunda-feira, da ofensiva de primavera (hemisfério norte), que este ano coincide com o intervalo entre os dois turnos da eleição presidencial para designar o sucessor de Hamid Karzai.

A operação ‘Jaibar’, nome de uma vitória dos muçulmanos contra os judeus nos primeiros anos do islã, começará na manhã de segunda-feira, segundo um comunicado dos rebeldes islamitas.

A ofensiva de primavera deve prosseguir até o início do inverno, quando a neve dificulta os deslocamentos dos insurgentes.

A operação Jaibar terá como alvos "principalmente os invasores estrangeiros e os que os apoiam, independente dos nomes, espiões, militares ou funcionários civis, mas também todos os que trabalham para eles, como os intérpretes".

Os talibãs também ameaçaram os funcionários do governo, parlamentares e magistrados que perseguem na justiça seus partidários.

Expulsos do poder em 2001 por uma coalizão internacional liderada pelos americanos, os talibãs lideram uma insurreição persistente, apesar da presença militar ocidental.

A continuidade da violência é muito preocupante atualmente, já que os 51.000 soldados da Força Internacional da Otan no Afeganistão (Isaf) devem deixar o país até o fim do ano.

Os americanos pretendem deixar milhares de soldados no Afeganistão depois de 2014 para treinar o exército afegão e organizar operações antiterroristas, mas a manutenção do contingente está condicionada à entrada em vigor de um tratado bilateral que, ao que tudo indica, não será assinado antes da eleição do novo presidente.

Os talibãs afirmam que a permanência de militares estrangeiros em território afegão será combatida.

"Se os invasores ou seus fantoches (termo usado pelos talibãs para designar o governo afegão) acreditam que a redução do número de tropas estrangeiras diminuirá nosso fervor jihadista, se enganam", afirma o comunicado.

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
VENEZUELA
Ramón Antonio Pérez
Quando a vida surge do abuso atroz a uma jovem deficiente
2
Pe. Zezinho
Reportagem local
Pe. Zezinho faz alerta sobre orações de cura e libertação
3
COMMUNION
Philip Kosloski
Oração ao seu anjo da guarda antes de receber a comunhão
4
Carlo Acutis
Gelsomino Del Guercio
“Ele fechou os olhos sorrindo”: foi assim que Carlo Acutis morreu
5
Aleteia Brasil
O segredo da cidade bósnia onde jamais houve um divórcio
6
AVENIDO BROTHERS
Agnès Pinard Legry
Três irmãos são ordenados padres no mesmo dia
7
morning
Philip Kosloski
Uma oração da manhã fácil de memorizar
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia