Aleteia logoAleteia logoAleteia
Sábado 02 Março |
Aleteia logo
Religião
separateurCreated with Sketch.

Irmã Gabrielle, a freira que viu 8 papas

Clarisse di Gerusalemme – pt

© M. Mezzera/Terrasanta.net

Corrado Paolucci - publicado em 22/05/14

Francesa, 92 anos e um grande amor pela figura do papa. Eis uma das tantas freiras que se encontram no convento das Clarissas em Jerusalém

Ela nasceu a 6 de fevereiro de 1922, dia da eleição de Pio XI, fato este que marcou sua vida. Irmã Gabrielle, 92 anos, há 40 anos em Jerusalém na ordem das irmãs Clarissas, tem tanto amor pela figura papal que sua longevidade a permitiu seguir a vida de 8 papas (Pio XI, Pio XII, João XXIII, Paulo VI, João Paulo I, João Paulo II, Bento XVI e Papa Francisco), um recorde.

A clausura nos lugares santos

Mas o que significa ser freira de clausura na Tessa Santa? A resposta vem da irmã Cristiana, de Orvieto, que há 6 anos é abadessa do convento das irmãs Clarissas de Jerusalém. “Somos como um globo de vidro, sobre nós existe uma certa atenção de fora, sobretudo dos israelenses que por curiosidade pela nossa vocação vêm nos encontrar”. 

Os olhos azuis da irmã Cristiana emitem uma certeza inabalável. “O motivo pelo qual nós estamos aqui não é por simpatia à nossa comunidade, mas somente e exclusivamente pelo chamado que os Lugares Santos representam em nossa vida”.

7 irmãs de todo o mundo

“Somos somente sete, mas somos internacionais. Tem quem vem da França, de Ruanda e da Itália. Isto significa que vivemos em contato com culturas, expressões e modos de viver a religiosidade muito diferentes. Um exemplo? As irmãs de Ruanda vivem uma fé muito jovem porque o cristianismo chegou somente há 100 anos no país delas. E este fato é uma riqueza porque nos ajuda a retornar ao frescor das origens. Nós, do nosso canto, as ajudamos na maturidade da fé”.

O encontro com o Papa Francisco

Um sorriso no rosto da irmã Cristiana quando lhe perguntamos da chegada do Papa: “Segunda-feira estaremos todas as 7 no Getsemani. Para nós é uma grande raridade deixar o convento!” Irmã Gabrielle é a mais emocionada: “pensem que quando veio Bento XVI ela beijou a cadeira do papa!”, nos conta irmã Cristiana, com um sorriso.

Tags:
irmaosMundoPapa FranciscoReligiososTerra Santa
Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia