Aleteia
Sexta-feira 23 Outubro |
São Paulo Tong Viet Buong
Atualidade

Nigéria: Boko Haram entra na lista negra da ONU e sofrerá sanções

<p>Corpo é removido de uma loja incendiada, após o atentado em Jos</p>

AFP - publicado em 22/05/14

O Boko Haram foi criado há dez anos, mas seus membros, instalados no norte de Nigéria, viajam pouco

O Conselho de Segurança da ONU colocou, nesta quinta-feira, o grupo islâmico armado Boko Haram na lista negra das organizações terroristas submetidas a sanções por sua ligação com a rede Al-Qaeda.

A decisão foi adotada por unanimidade pelos 15 membros do Conselho, disseram diplomatas consultados pela AFP. As sanções incluem congelamento de bens, embargo sobre armas e proibições de viagens.

A Nigéria havia solicitado a adoção da medida à Comissão de Sanções contra a Al-Qaeda, subordinada ao Conselho de Segurança.

Em nota divulgada logo após a votação, a embaixadora americana na ONU, Samantha Power, comemorou esse "importante passo", que vai, segundo ela, "ajudar a fechar para o Boko Haram fontes importantes de financiamento e de armamento, assim como possibilidades de deslocamento, e mostrar a unidade da comunidade internacional" na luta contra esse grupo.

A embaixadora nigeriana na ONU, Joy Ogwu, concordou. "É um passo significativo. Trata-se de um crime transnacional, que é preciso tratar de maneira transnacional". Para ela, "o importante é atacar o problema, ou seja, o terrorismo".

Na análise de um diplomata que pediu para não ser identificado, a medida teve um caráter principalmente político. "É um sinal forte, que mostra que o Boko Haram não tem nenhum apoio da comunidade internacional", afirmou, acrescentando que as sanções permitirão restringir o fornecimento de recursos ao grupo.

O Boko Haram foi criado há dez anos, mas seus membros, instalados no norte de Nigéria, viajam pouco.

Segundo o representante especial da ONU para a África Central, Abu Mussa, é preciso secar as fontes de financiamento do Boko Haram, que dispõe, sobretudo, armamento pesado.

A imposição de sanções internacionais ao Boko Haram pela ONU foi recomendada na conferência de sábado, em Paris, que reuniu os presidentes francês, nigeriano, chadiano, camaronês e beninense, assim como representantes dos Estados Unidos, da Grã-Bretanha e da União Europeia.

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Tags:
MundoTerrorismo
Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
Aleteia Brasil
Quer dormir tranquilo? Reze esta oração da no...
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma ...
Philip Kosloski
3 poderosos sacramentais para ter na sua casa
Aleteia Brasil
O milagre que levou a casa da Virgem Maria de...
nuvens sinais
Reportagem local
Estão sendo fotografados "sinais do céu"?
Extremistas queimam igrejas no Chile
Francisco Vêneto
Por que queimam igrejas: Dom Henrique e Pe. J...
Rosário
Philip Kosloski
Benefícios do Rosário: 3 virtudes que aprende...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia