Aleteia
Sexta-feira 23 Outubro |
São Paulo Tong Viet Buong
Religião

Papas à prova de balas?

AFP/Thomas Coex

Pe. Dwight Longenecker - publicado em 22/05/14

A arriscada decisão de Francisco de viajar à Terra Santa evoca os riscos que todo cristão é chamado a assumir

Quem não se lembra da cena do filme “Matrix” em que o herói se desvia das balas? Neo, interpretado por Keanu Reaves, dribla milagrosamente e em câmera lenta a saraivada de balas que passa ao lado dele sem lhe causar nenhum dano.

O papa João Paulo II não conseguiu driblar a bala em 13 de maio de 1981, mas atribuiu a sua sobrevivência à intercessão milagrosa da Virgem Maria. E o papa Francisco? Será que ele está cortejando o perigo ao recusar o papamóvel blindado em sua próxima visita à Terra Santa? Uma enorme operação de segurança está sendo montada para essa visita. Mas não teria sido mais prudente usar também o papamóvel à prova de balas?

O papa Francisco decidiu que não. Ele disse que quer ficar o mais próximo possível das pessoas. Essa decisão não o coloca perto das pessoas só fisicamente: ao evitar o papamóvel à prova de balas, ele se coloca mais perto das pessoas comuns também simbolicamente. Mas será que esse gesto humilde vale o risco?

A chance de perigo parece pequena, mas o papa Francisco vai visitar uma região altamente volátil, em que o extremismo religioso abunda e o ódio ao cristianismo, por parte de radicais tanto judeus quanto muçulmanos, está presente em toda parte. Basta um louco portando uma arma…

Nos primeiros 14 meses de pontificado, Francisco se revelou o mestre dos gestos simbólicos. Suas ações falam mais alto do que as suas palavras. Aliás, quando fala de improviso, quando se recusa a ler homilias escritas, quando dá entrevistas repentinas ou faz telefonemas inesperados, as palavras de Francisco são muitas vezes mal compreendidas, mal interpretadas e mal reproduzidas. Seus gestos simbólicos, porém, falam por si: eles mostram, em vez de apenas contar. Eles revelam o Evangelho de uma forma verdadeiramente profética.

Ao recusar o papamóvel à prova de balas, Francisco não apenas se aproxima das pessoas, mas mostra que a vida de fé é uma vida de risco. Ele sai da zona de conforto: esta é a marca do verdadeiro cristianismo. Assumir riscos ​​faz parte. Basta olhar para o ministério de Jesus e para a vida dos santos. Um exemplo notável é o do primeiro predecessor de Francisco, São Pedro, ao sair do barco de pesca naquela noite tempestuosa e andar sobre as águas.

Jesus chama cada um dos seus seguidores a “caminhar sobre as águas”, a sair da zona de conforto, a assumir alguns riscos e a aprender a andar guiado pela fé, não pela vista.

Podemos não ter a opção de recusar um carro à prova de balas, mas existem outras áreas da vida em que valorizamos a segurança e a comodidade. Podemos viver a tentação de comprometer a nossa fé para manter um emprego seguro, por exemplo; a tentação de manter silêncio sobre certas questões controversas para tentar garantir uma vida pacífica. Somos inclinados a trilhar o caminho fácil em vez do caminho da aventura, do desafio, da fé.

A coragem e a postura intransigente do papa nos lembram que o caminho da fé é um caminho arriscado; ativa e alegremente arriscado. Seguir a Cristo é uma grande aventura. E viver a aventura cristã é ouvir Jesus nos chamando a sair do nosso mundo ordinário para embarcar no emocionante seguimento do Senhor.

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Tags:
Papa FranciscoTerra SantaViagem
Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
Aleteia Brasil
Quer dormir tranquilo? Reze esta oração da no...
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma ...
Philip Kosloski
3 poderosos sacramentais para ter na sua casa
Aleteia Brasil
O milagre que levou a casa da Virgem Maria de...
nuvens sinais
Reportagem local
Estão sendo fotografados "sinais do céu"?
Extremistas queimam igrejas no Chile
Francisco Vêneto
Por que queimam igrejas: Dom Henrique e Pe. J...
Rosário
Philip Kosloski
Benefícios do Rosário: 3 virtudes que aprende...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia