Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Quarta-feira 28 Outubro |
São Sálvio
home iconReligião
line break icon

Os gestos proféticos do Papa Paulo VI

© Archives CIRIC

Roberta Sciamplicotti - publicado em 23/05/14

Dom Ettore Malnati ajuda a redescobrir as atualidades do Papa Montini

Existe um livro que ajuda a esclarecer alguns gestos significativos do pontificado de Paulo VI, que também hoje fala à Igreja e ao mundo daquela atenção deste pontífice por uma profunda renovação da Igreja, na simplicidade e radicalidade evangélica. Tem como titulo “Os gestos de Paulo VI”, escrito por Dom Ettore Malnati, vigário episcopal para o Laicato e a Cultura da diocese de Trieste.

A figura e obras do Papa Montini, observa Dom Malnati, “destacam-se de modo singular pela delicadeza de espírito, pela sua busca de solução a favor de uma economia sólida, por uma sensibilização em todos os níveis, pelo desarmamento e pela paz, também pelo estilo de diálogo instaurado na Igreja, entre a Igreja Católica e os outros cristãos e as outras religiões, e entre a Igreja e o mundo”.

Muitos gestos de Paulo VI foram os primeiros, a partir do fato de que foi o primeiro papa a ser peregrino na Terra de Jesus e entre os pobres do mundo em seus países. “Foi o Papa dos gestos singulares, com a renúncia à tiara papal para sensibilizar a Igreja e o mundo sobre os países pobres: com a retratação das excomunhões e o caminho ecumênico entre a Igreja Católica e a Igreja Ortodoxa, sobretudo graças à disponibilidade do patriarca Atenágoras, e com a Igreja anglicana, graças ao arcebispo Ramsey”. Foi o primeiro papa a falar nas Nações Unidas a favor da paz e do desarmamento. 

O motivo da visita de Paulo VI à Terra Santa era “dar um forte sinal a toda Igreja Católica e aos Padres conciliares, de modo que a Igreja toda refletisse sobre a origem da fé cristã e partisse novamente de Cristo”, escreveu Dom Malnati. O papa partiu no dia 4 de janeiro de 1964, para a terra natal de Jesus, onde recebeu um acolhimento caloroso: as pessoas queriam “de qualquer jeito estar perto do Papa, tocá-lo, ter uma bênção ou um sorriso”. A primeira viagem do Papa fora da Itália foi “uma verdadeira peregrinação com um banho de multidão”.

No dia de sua chegada à Terra Santa, Paulo VI encontrou o patriarca ecumênico Atenágoras, e o histórico abraço entre os dois marcou o início de uma verdadeira e recíproca aproximação entre a Igreja Católica e a Igreja Ortodoxa do Patriarcado de Constantinopla. No dia 7 de dezembro de 1965, “jornada memorável”, na vigília de conclusão do Concílio Vaticano II, foi abolida a excomunhão recíproca entre as duas Igrejas, de 1054. Homem de uma extraordinária sensibilidade humana e cristã, Paulo VI queria também que fosse restituída a relíquia da cabeça de Santo André apóstolo ao mundo ortodoxo. 

Grande também foi a devoção de Paulo VI à Virgem Maria. Proclamou-a, no Concílio, Mãe da Igreja e a quis homenagear – primeiro papa a fazê-lo – em Fátima e em Éfeso.

Também o cardeal Dionigi Tettamanzi ressalta um outro gesto significativo de Paulo VI: “o alcance singular que gera e continuará na missão evangelizadora da Igreja”: a Encíclica Humanae vitae, texto “vibrante de uma autêntica profecia evangélica”.

“Quem conhece a Encíclica Humanae vitae, seja no seu conteúdo doutrinal, seja no contexto histórico das polêmicas e da recusa que encontrou imediatamente, é levado a reconhecer em Paulo VI o rosto do profeta, aquele homem verdadeiramente ‘corajoso e forte’, escreve o cardeal.

No contexto cultural imperante, para anunciar ao mundo de hoje a doutrina moral da Humanae vitae servem, de fato, “uma coragem e uma audácia verdadeiramente profética”, “e não somente da parte da hierarquia que ensina, mas também da parte dos fiéis leigos, em especial dos esposos cristãos”.

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma ...
Philip Kosloski
3 poderosos sacramentais para ter na sua casa
Aleteia Brasil
Quer dormir tranquilo? Reze esta oração da no...
Aleteia Brasil
O milagre que levou a casa da Virgem Maria de...
No colo de Maria
Como rezar o terço? Um guia ilustrado
Pe. Zezinho
Francisco Vêneto
Duas emissoras brasileiras deturpam fatos em ...
Reportagem local
Corpo incorrupto de Santa Bernadette: o que o...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia