Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Quinta-feira 13 Maio |
Santa Gema
home iconAtualidade
line break icon

Rússia denuncia que mercenários estrangeiros enfrentam forças pró-russas na Ucrânia

<p>Soldados ucranianos patrulham em tanque perto de posto de controle em Slaviansk, em 29 de abril de 2014</p>

AFP - publicado em 23/05/14

O embaixador dos Estados Unidos em Kiev, Geoffrey Puatt, negou em meados de março a presença de mercenários americanos na Ucrânia

O chefe do Estado-Maior russo, Valeri Guerasimov, denunciou nesta sexta-feira que mercenários estrangeiros combatem no leste da Ucrânia junto às tropas governamentais contra os rebeldes pró-russos.

"Temos provas da participação de companhias militares particulares" na Ucrânia, indicou Guerasimov, citado pelas agências russas. O funcionário militar não forneceu mais detalhes.

"Segundo as informações a nossa disposição, dezenas de mercenários estrangeiros, entre eles americanos, participam das ações militares ao lado das autoridades de Kiev", afirmou à agência Interfax uma fonte do Estado-Maior das forças armadas russas.

O ministério russo das Relações Exteriores havia afirmado pouco antes, citado pela Interfax, que entre as tropas governamentais perto da cidade de Slaviansk estavam combatentes estrangeiros que falavam em inglês.

O chefe do Estado-Maior também considerou que a Rússia deve agir diante do reforço das tropas da Otan nas fronteiras russas. "Nestas condições, não podemos continuar indiferentes ao que ocorre. Temos que responder", disse.

Já o ministro turco da Defesa, Serguei Shoigu, indicou que os acontecimentos que terminaram com a queda do ex-presidente ucraniano Viktor Yanukovytch foram "dirigidos a partir do exterior".

O embaixador dos Estados Unidos em Kiev, Geoffrey Puatt, negou em meados de março a presença de mercenários americanos na Ucrânia.

O jornal alemão Bild am Sonntag havia afirmado no início de maio que 400 mercenários da companhia americana "Academi", mais conhecida por seu antigo nome "Blackwater", combatiam os insurgentes pró-russos.

Tags:
ConflitosMundo
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
Lucía Chamat
A curiosa foto de “Jesus” que está comovendo a Colômb...
2
Reportagem local
Triste, surpreendente, inspirador: o drama e o recomeço da menina...
3
ELDERLY,WOMAN,ALONE
Aleteia Brasil
O pe. Zezinho e a mãe que espera há 30 anos, sem sucesso, pelo pe...
4
OPERA SINGER
Cerith Gardiner
Cantora de ópera faz apresentação incomum e homenageia Maria e as...
5
Philip Kosloski
5 revelações surpreendentes do “terceiro segredo” de ...
6
FRANCISCO AND JACINTA MARTO
Tom Hoopes
As lições dos pastorinhos de Fátima aplicadas ao coronavírus
7
Reportagem local
3 fatos cientificamente inexplicáveis sobre a imagem de Guadalupe
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia