Aleteia
Terça-feira 20 Outubro |
São Cornélio
Estilo de vida

Meu filho está namorando. O que fazer?

© Christopher Michel

Cleofas - publicado em 29/05/14

Como devo agir? Devo prender? Devo dar liberdade?

Os pais se preocupam, sobretudo quando os filhos começam a namorar. Como orientá-los? Bem, os pais cristãos devem ter a coragem de falar a seus filhos o que é um namoro cristão. Um namoro que significa conhecer o outro para saber se o relacionamento deve continuar ou terminar; quem sabe, chegar a um noivado e casamento.

Vi meus cinco filhos se casarem bem, graças a Deus. Desde pequenos eu pedia a Deus que desse à minha única filha um bom esposo e aos meus quatro filhos, boas esposas. E Deus me concedeu essa grande graça. Não perdi cinco filhos, ganhei mais cinco. Penso que essa é a primeira lição que os pais precisam aprender. Rezar desde a tenra idade pelo namoro e casamento dos filhos. “Sem Mim nada podeis fazer” (João 15,5), disse Aquele que tudo pode.

Eu escrevi um livro sobre o Namoro; porque um dia, depois de pregar um Retiro para jovens da Renovação Carismática em Recife, um grupo deles pediu-me para escrever esse livro. Eu pensei que o livro não fosse ser lido pelos jovens, pois eu falo nele de um namoro cristão, sem vida sexual e sem intimidades antes do casamento. Falando-lhes com toda clareza. Para minha surpresa e alegria esse livro é, de todos os que já escrevi, o mais vendido. Os jovens aceitaram o desafio, querem um namoro sério. Sabem que aí está começando a futura família. Eu lhes dizia que “o jovem não foi feito para o prazer, mas para o desafio” (Paul Claudel). Na verdade, todo casamento é um namoro que deu certo.

É preciso conversar bastante com os filhos sobre isso; mostrar-lhes que o sexo só tem sentido profundo quando vivido no casamento: a união do casal e a geração dos filhos. Antes disso, o sexo é como um olho maravilhoso, mas fora da órbita ocular, se torna monstruoso. Quantas meninas grávidas antes a hora, sem casa, sem casamento, sem conforto, sem perspectiva, tendo de sacrificar a juventude!… Foram abusadas no namoro e abandonadas com seu filho. Quantos abortos acontecem por causa de um filho gerado sem ser amado e esperado! Quantas doenças venéreas, prostituição, etc.!…

Os pais precisam ensinar aos filhos o que é o verdadeiro amor; o amor de Cristo, que “dá a vida pelo amado”, e não abusa dele. O amor é uma palavra gasta; as pessoas pensam em egoísmo e falam de amor. Um jovem apaixonado diz à moça: “Eu te amo!”. Será que é amor mesmo, autêntico, ou apenas desejo de desfrutar dela? Quem ama respeita, espera, não desfruta do outro. Nós amamos as pessoas; gostamos das coisas, e as consumimos. Jesus mandou que nos amássemos como “Ele nos amou”. Como? Numa cruz, na renúncia, na doação da vida. São Paulo pedia aos maridos que amassem suas esposas “como Cristo amou a Igreja” e “se entregou por ela” (Ef 5,25). Não há verdadeiro amor sem sacrifício e doação.

Os casamentos acabam porque os noivos levam para ele um amor falso, que não é amor, mas egoísmo. Então, os pais precisam ensinar aos filhos o que é o verdadeiro amor a ser cultivado no namoro. Aquilo que São Paulo ensinou aos coríntios: “O amor é paciente, é bondoso,  não tem inveja, não é orgulhosa, não busca seus próprios interesses, não se irrita, não guarda rancor, não se alegra com a injustiça, mas se rejubila com a verdade. Tudo desculpa, tudo crê, tudo espera, tudo suporta”. (1 Cor 13,4-7).

Sem a compreensão e a vivência de um amor autêntico, não pode haver um namoro sério, cristão; e muito menos um casamento feliz, forte e durável.

Por outro lado, os pais precisam acompanhar o namoro dos filhos. Nada melhor do que exigir deles responsabilidade. Eu dizia a meus filhos: “Quando vocês trouxerem uma namorada para eu conhecer, pensem bem, porque a partir desse momento eu a considerarei como uma filha, e seus pais como meus amigos”. Sei que isso os fez pensar bem em quem trariam para me conhecer.

Prof. Felipe Aquino

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Tags:
CasamentoFamíliaFilhosNamoro
Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
st charbel
Reportagem local
Por acaso não está acontecendo o que São Char...
Aleteia Brasil
Quer dormir tranquilo? Reze esta oração da no...
Ellen Mady
Para Jesus não existe novena melhor do que es...
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma ...
ícone São Lucas Nossa Senhora Jesus médico
Reportagem local
Oração a São Lucas, evangelista e médico, pel...
No colo de Maria
Como rezar o terço? Um guia ilustrado
JENNIFER CHRISTIE
Jennifer Christie
Fui estuprada numa viagem a trabalho - e meu ...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia