Aleteia
Terça-feira 27 Outubro |
São Fulco
Atualidade

Último chefe de Estado da Polônia comunista é enterrado

<p>(2011) General Wojciech Jaruzelski</p>

AFP - publicado em 30/05/14

Seus opositores seguem criticando sua entrega ao comunismo imposto à Polônia por Moscou após a Segunda Guerra Mundial.

O general Wojciech Jaruzelski, último chefe de Estado da Polônia comunista, cuja atuação segue dividindo o país, foi enterrado entre protestos nesta sexta-feira, no cemitério militar de Varsóvia.

Jaruzelski, que sofria de um câncer, morreu no domingo aos 90 anos, apenas alguns dias antes das cerimônias que lembram os 25 anos desde as eleições parcialmente livres na Polônia de 4 de junho, que marcaram a queda do comunismo.

Três dos presidentes eleitos democraticamente desde 1989 – incluindo o ícone anticomunista Lech Walesa, que liderou o combate pela liberdade do sindicato Solidariedade -, assistiram a missa católica na catedral militar.

O presidente Bronislaw Komorowski e o ex-presidente Aleksander Kwaniewski também compareceram à cerimônia religiosa, durante a qual dezenas de manifestantes seguraram cartazes acusando Jaruzelski de ser um "traidor".

Cem pessoas se concentraram posteriormente no histórico cemitério Powazki de Varsóvia mostrando fotografias das vítimas da brutal repressão após a lei marcial decretada em 1981 por Jaruzelski.

Os poloneses seguem divididos por sua tentativa de estrangular o movimento Solidariedade, o primeiro sindicato livre do leste da Europa.

Jaruzelski insistiu que o fez para evitar uma possível invasão soviética.

Seus opositores seguem criticando sua entrega ao comunismo imposto à Polônia por Moscou após a Segunda Guerra Mundial.

Mas também foi ele quem permitiu à Polônia a transição pacífica da ditadura à democracia, ao negociar em 1989 com o Solidariedade as primeiras eleições parcialmente livres do país, conquistadas pelo movimento de Lech Walesa.

Jaruzelski nasceu em uma família católica no dia 6 de julho de 1923 em Kurow, no leste da Polônia, mas se tornou ateu quando entrou no Partido Comunista.

Dias antes de sua morte, pediu a um sacerdote a extrema-unção, informou o padre Robert Mokrsycki para explicar a realização da missa funerária.

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Tags:
Viagem
Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
Philip Kosloski
3 poderosos sacramentais para ter na sua casa
Aleteia Brasil
Quer dormir tranquilo? Reze esta oração da no...
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma ...
Aleteia Brasil
O milagre que levou a casa da Virgem Maria de...
No colo de Maria
Como rezar o terço? Um guia ilustrado
SAINT MICHAEL
Philip Kosloski
Oração a São Miguel por proteção contra inimi...
São Padre Pio de Pietrelcina
Oração de cura e libertação indicada pelo exo...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia