Aleteia
Segunda-feira 26 Outubro |
São Fulco
Estilo de vida

O que 10 milhões de dólares não podem comprar

Flickr / CCho

Mary Pierce

L'1visibile - publicado em 10/06/14

Uma conversa com a tenista que trocou o topo do ranking mundial por uma vida dedicada a Deus

A tenista franco-americana Mary Pierce já foi uma estrela em ascensão, classificada como a número 3 do mundo. Vencedora de torneios de prestígio, como Roland-Garros e Wimbledon, Mary Pierce ganhou quase 10 milhões de dólares antes que uma lesão desse fim à sua carreira, em 2006.

Seis anos antes, porém, ela já tinha traçado um objetivo mais nobre do que o número 1 no ranking mundial. Um objetivo que 10 milhões de dólares não poderiam comprar. Em março de 2000, Mary escolheu dar a vida a Deus e, desde então, tem vivido feliz e em paz consigo mesma.

Nesta entrevista concedida a Ariane Warlin, do site francês L’1visible, Mary Pierce fala da sua transformação de campeã de tênis em evangelizadora.

Você declarou que há algo no seu talento para o tênis que vem de Deus, não é?

Mary Pierce: É verdade. Eu tenho certeza disso. Eu tinha dez anos quando toquei numa raquete pela primeira vez na vida. Eu estava com uma amiga e uma moça me perguntou se eu queria jogar. Os treinadores ficaram surpresos; eles achavam que fazia anos que eu jogava! Não acreditavam que eu só estava jogando tênis fazia poucos minutos. Naquela época, eu queria ser pediatra, mas Deus tinha outros planos para mim e para a minha vida. Eu acho que o meu talento para o tênis é um dom de Deus!

Quais são as suas lembranças dos torneios de tênis?

É uma honra e uma felicidade ter vencido alguns torneios [Aberto da Austrália de 1995 e Roland-Garros em 2000, ndr]. Sou muito grata ao público, que sempre me incentivou, tanto na França quanto nos Estados Unidos ou em qualquer outro lugar. Mas faltava alguma coisa. Eu tinha um sentimento de vazio…

Mas você tinha tudo para ser feliz: sucesso, dinheiro…

Pois é, as pessoas me diziam que eu tinha muita sorte… Quando eu desabafei que sentia falta de alguma coisa, eles diziam que eu estava louca, porque, para eles, eu parecia realizada. Um dia eu falei com uma americana que era muito diferente de todas as outras jogadoras. Ela me falou de Cristo e me perguntou se eu tinha uma relação pessoal com Ele. Eu nunca tinha ouvido ninguém falar sobre isso. Eu cresci na fé católica e acreditava em Deus, rezava… Mas nunca tinha parado para pensar que era possível ter uma relação pessoal com Jesus.

Essa amiga me perguntou também se eu acreditava em céu e inferno. Ela me disse que eu podia ter certeza da vida eterna, que é um presente gratuito de Deus… E tantas coisas que foram tocando fundo o meu coração. Era como uma resposta para aqueles desejos enterrados dentro de mim. Eu sabia que ela tinha, na vida dela, o que estava faltando na minha.

E o que você fez?

Em março de 2000, eu entendi que o pecado na minha vida me separava de Deus, que eu estava vivendo longe dele e que eu estava desnorteada. Eu me arrependi e entreguei a minha vida a Jesus. Foi aí que eu experimentei o que a Bíblia chama de "novo nascimento". A minha vida se transformou.

Em 2005, eu conheci um jovem cristão que me falou das ilhas Maurício, dos cristãos que moram lá, e me convidou para conhecer. Eu queria muito ir! Consegui no final de 2005. E, realmente, lá eu experimentei sentimentos muito fortes, que me falavam direto ao coração. Eu tinha a sensação de estarem casa! Eu vi pessoas totalmente entregues a Jesus, que realmente viviam o Evangelho! Aquilo me tocou profundamente. Em 2008, eu decidi viver lá, participar de aulas bíblicas, me envolver mais na Igreja e fazer tudo o que eu não tinha tido tempo de fazer quando estava nas quadras de tênis. Eu viajei também para a África continental, onde conheci algumas organizações humanitárias.

E o que você aprendeu?

  • 1
  • 2
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Tags:
Deus
Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
Philip Kosloski
3 poderosos sacramentais para ter na sua casa
Aleteia Brasil
Quer dormir tranquilo? Reze esta oração da no...
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma ...
Papa Francisco
Francisco Vêneto
Papa Francisco e casais homossexuais: o que e...
Aleteia Brasil
O milagre que levou a casa da Virgem Maria de...
SAINT MICHAEL
Philip Kosloski
Oração a São Miguel por proteção contra inimi...
Rosário
Philip Kosloski
Benefícios do Rosário: 3 virtudes que aprende...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia