Aleteia
Segunda-feira 26 Outubro |
São Fulco
Religião

O Papa revolucionário

©MASSIMILIANO MIGLIORATO/CPP

<span class="standardtextnolink">Decembaer 18, 2013: Pope Francis attends the weekly general audience in St. Peter&#039;s Square at the Vatican.</span><br /> <span class="standardtextlabel">Reference:</span> <span class="standardtextnolink">256650</span>

Aleteia Vaticano - publicado em 13/06/14

“Para mim, a grande revolução é ir às raízes, reconhecê-las e ver o que têm a dizer no dia a dia”, Papa Francisco

“Era um tipo bom, fez o que pode, não foi tão ruim”, assim o Papa Francisco respondeu a última pergunta: “Como gostaria de ser lembrado?”, feita em uma longa entrevista do jornal espanhol La Vanguardia.

Durante a entrevista o Papa revelou: “os cristãos perseguidos são um problema que me toca como pastor”. Disse que estava convencido de que “a perseguição aos cristãos hoje é mais forte que nos primeiros séculos da Igreja. Não é uma fantasia, os números comprovam”.

O jornalista que entrevistou o Papa ressaltou a oração pela paz realizada no último dia 8 de junho, no Vaticano. “Não foi uma atitude política, mas religiosa: a abertura de uma janela para o mundo”, disse Francisco. E quando fala da violência em nome de Deus ressalta: “É uma contradição que também nós cristãos às vezes temos praticado”, e prossegue: “as três religiões monoteístas têm no seu interior grupos fundamentalistas, mesmo sendo pequenos. A mentalidade do fundamentalismo é violência em nome de Deus”.

Algumas pessoas dizem que o Papa é um revolucionário, comenta o jornalista do jornal espanhol. “Para mim, a grande revolução é ir às raízes, reconhecê-las e ver o que têm a dizer no dia a dia”, respondeu o Papa.

A pobreza e a humildade na Igreja. Quando toca nesse assunto, instigando por que, para o Papa, isso é importante, ele responde: “A pobreza e a humildade são o coração do Evangelho. Não se pode compreender o Evangelho sem a pobreza, que deve ser distinguida da miséria. Creio que Jesus queria que os seus bispos fossem servidores. Quando vejo imagens de crianças desnutridas em várias partes do mundo, penso que não estamos em um bom sistema econômico global. É demonstrado que com os avanços podemos nutrir as pessoas que sofrem de fome. No coração de cada sistema econômico deve estar o ser humano. Mas pelo contrário, colocaram o dinheiro ao centro de tudo. Caíram no pecado da idolatria, da idolatria do dinheiro. A economia se move com o desejo de ter sempre mais e, para conseguir, gerou a cultura do desperdício”.

Se o assunto muda para a famosa renúncia de Bento XVI: “Fez um grande gesto. Abriu uma porta, criou uma instituição”, disse Francisco. O jornalista do jornal espanhol comentou que hoje em dia se vive mais, muitas vezes de chegar a uma idade onde não conseguimos mais ir adiante nos afazeres como queremos. “Peço ao Senhor que me ilumine quando chegar para mim este momento”, respondeu o Papa.

A entrevista foi encerrada falando da Copa do Mundo. “Sei que não posso perguntar para quem o senhor vai torcer”, disse o jornalista. “Os brasileiros me pediram neutralidade (sorriu), cumpro minhas palavras porque Brasil e Argentina sempre foram equipes antagônicas”, respondeu o Papa. 

Para finalizar, uma pergunta: Como gostaria de ser lembrado na história?

“Não pensei, mas gosto quando uma pessoa recorda de alguém e diz ‘era um tipo bom, fez o que pode, não foi tão ruim’, com isso me conformo.

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Tags:
DeusJesusPapa FranciscoPazVaticano
Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
Philip Kosloski
3 poderosos sacramentais para ter na sua casa
Aleteia Brasil
Quer dormir tranquilo? Reze esta oração da no...
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma ...
Papa Francisco
Francisco Vêneto
Papa Francisco e casais homossexuais: o que e...
Aleteia Brasil
O milagre que levou a casa da Virgem Maria de...
SAINT MICHAEL
Philip Kosloski
Oração a São Miguel por proteção contra inimi...
Rosário
Philip Kosloski
Benefícios do Rosário: 3 virtudes que aprende...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia