Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Sexta-feira 22 Outubro |
Aleteia logo
home iconAtualidade
line break icon

O amor romântico é machista?

© EMprize/SHUTTERSTOCK

Adiciones - publicado em 16/06/14

Uma igualdade mal entendida pode levar a determinadas situações de violência

Li, atônita, que a diretora do Instituto Canário de Igualdade considera que é preciso “desconstruir o modelo de amor romântico” por ser supostamente machista e promotor da violência contra as mulheres. Li várias vezes e ainda não consigo acreditar, porque acho, com sinceridade, que é exatamente o contrário que acontece. Uma igualdade mal entendida é o que facilita determinadas situações de violência.

Vejo a forma como muitos garotos e homens tratam as mulheres e me dá vergonha. Claro que também sinto vergonha quando vejo o jeito como certas mulheres tratam os homens ou se deixam tratar por eles. É a linguagem, os gestos, enfim, uma pena.

O amor romântico, ainda que haja mil concepções dele, parte de que as mulheres precisam ser muito bem tratadas. Abrem a porta para elas, não as deixam carregar peso e tudo se faz com delicadeza. Um homem enamorado de uma mulher será ainda mais atento.

Então, o cuidado se duplica e se mantém. O amor romântico também parte de que os homens são cavalheiros, ou seja, supõe que têm uma capacidade especial de proteção, de defesa e honra.

O amor romântico não é 14 de fevereiro nem os bombons em formato de coração. E muito menos, como indica a diretora do instituto, que as mulheres tenham de suportar de tudo, precisamente porque o amor romântico prega que, se você me ama, então cuidará de mim como o maior tesouro da sua vida.

Mas hoje somos bobos e passamos das frescuras mais insuportáveis à brutalidade mais evidente. De fato, a estética está unida à moral e, nas relações, isso é palpável. Feios são as formas, o tratamento e o comportamento.

Porque perdemos a mais elementares formas de educação, entre as que se encontrava esse jeito de tratar as mulheres, mais delicado e atencioso que o jeito de tratar seu amigo no futebol. Ao mesmo tempo, acreditamos que podemos usar uns aos outros sem causar danos, como se a vida fosse um esporte no qual todos acabam perdendo.

Nunca houve tanta pressão sobre as mulheres para que tenham um parceiro, e também sobre os homens. Ao mesmo tempo, a sociedade nunca foi tão desfavorável aos casais estáveis, ao casamento.

O panorama dos relacionamentos é desolador: pegue este, depois largue e parte para o seguinte; romper não deve ser um problema, pois o importante é se divertir, não estar sozinho(a).

E sei que as mulheres não são as que mais saem perdendo, porque os homens também perdem. E isso não é consequência do amor romântico: é justamente o contrário.

O amor romântico servia de inspiração para que as mulheres se valorizassem e se dessem a respeitar. E também para que soubessem que um “príncipe” não é o herdeiro da coroa, mas o herói cotidiano em quem se pode confiar até a morte; aquele que vive junto os desafios da vida; aquele que se compromete.

(Escrito por Aurora Pimentel em Adiciones)

Tags:
MulherRelacionamento
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Top 10
1
VENEZUELA
Ramón Antonio Pérez
Quando a vida surge do abuso atroz a uma jovem deficiente
2
Reportagem local
A bela lição que este menino deu a todos ao se aproximar do Papa
3
Casal brasileiro com 8 filhos espera gêmeos
Francisco Vêneto
Jovem casal brasileiro com 8 filhos espera gêmeos: “cada um vale ...
4
Pe. Zezinho
Reportagem local
Pe. Zezinho faz alerta sobre orações de cura e libertação
5
Carlo Acutis
Gelsomino Del Guercio
“Ele fechou os olhos sorrindo”: foi assim que Carlo Acutis morreu
6
São José
Francisco Vêneto
Padre irmão de piloto de avião partido em dois: “São José tem mui...
7
morning
Philip Kosloski
Uma oração da manhã fácil de memorizar
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia