Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.
Alimente o seu espírito. Receba grátis os artigos da Aleteia toda manhã.
Inscreva-se

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

O gol mais rápido da Copa do Mundo

© CARL DE SOUZA / AFP
BRAZIL, Natal : US forward Clint Dempsey celebrates after scoring during a Group G football match between Ghana and US at the Dunas Arena in Natal during the 2014 FIFA World Cup on June 16, 2014. AFP PHOTO / CARL DE SOUZA
Compartilhar

O autor do gol foi o americano Clint Dempsey: “Minha fé em Cristo é o que me dá confiança para o futuro”

O capitão da seleção americana fez o gol mais rápido desta Copa do Mundo e o dedicou a sua irmã mais velha, Jennifer, jogadora de tênis, que faleceu quando tinha 16 anos por causa de um aneurisma cerebral. 

Clint Dempsey nasceu no Texas. Quando começou a jogar futebol seus pais o fizeram parar para poder pagar as aulas de tênis da irmã. Clint sempre se lembra do momento quando seus pais o chamaram para dizer que a irmã havia desmaiado, sido levada ao hospital e falecido.

Em entrevista ao The Guardian em 2010, Dempsey contou que meses antes de sua irmã falecer, havia tido uma conversa com ela sobre morte. Sua irmã lhe disse: “Se algum dia eu morrer, ajudarei a bola a entrar na rede”, por isso cada vez que o jogador faz um gol, olha para o céu e lembra da irmã.

Na última terça-feira, 17 de junho, fez o gol da vitória dos Estados Unidos sobre Gana, 2 a 1, foi o quinto mais rápido da história dos mundiais e o mais rápido feito por ele. 

“Minha fé em Cristo é o que me dá confiança para o futuro. Sei que nas boas e nas más Ele é fiel e me cuidará. Rezo para ter força enquanto avanço no caminho que tenho diante de mim. Jogo com o melhor das minhas capacidades e agradeço pelas muitas oportunidades e os grandes êxitos que Ele me deu. Em tudo quero fazer o correto, não cometer erros, ter uma vida que Lhe agrade”, declarou Clint Dempsey ao Christian Post em um recente artigo.

Boletim
Receba Aleteia todo dia
São leitores como você que contribuem para a missão da Aleteia

Desde o início de nossas atividades, em 2012, o número de leitores da Aleteia cresceu rapidamente em todo o mundo. Estamos comprometidos com a missão de fornecer artigos que enriquecem, informam e inspiram a vida católica. Por isso queremos que nossos artigos sejam acessados por todos. Mas, para isso, precisamos da sua ajuda. O jornalismo de qualidade tem um custo (maior do que o que a propaganda consegue cobrir). Leitores como você podem fazer uma grande diferença, doando apenas $ 3 por mês.