Aleteia logoAleteia logoAleteia
Terça-feira 09 Agosto |
Santa Teresa Bendita da Cruz (Edith Stein)
Aleteia logo
Religião
separateurCreated with Sketch.

Os 3 tesouros que escravizam, segundo o Papa

Pope Francis Takes on Mafia AFP PHOTO ALBERTO PIZZOLI – pt

AFP PHOTO/ALBERTO PIZZOLI

News.va - publicado em 20/06/14

Um “coração escravo não é um coração luminoso: será tenebroso”, afirmou hoje Francisco

O Papa Francisco afirmou hoje que Jesus nos pede para manter o coração livre do dinheiro, da vaidade e do poder. Segundo o Papa, estes 3 tesouros não servem, e os cristãos devem estar atentos para não ter o seu coração acorrentado neles.

Na missa de hoje na capela da Casa Santa Marta, o Papa ressaltou que as verdadeiras riquezas são aquelas que tornam “luminoso” o nosso coração, como a adoração a Deus e o amor ao próximo. E alertou para os tesouros mundanos que pesam e acorrentam nossos corações.

“Não acumulem para vocês tesouros da terra”, advertiu Francisco, inspirando-se no conselho de Jesus de que fala o Evangelho do dia. “Este é um conselho prudente, porque os tesouros da terra não são seguros. Em que tesouros Jesus pensava? Perguntou o Papa, respondendo ele mesmo: em três”.

“O primeiro tesouro: o ouro, o dinheiro, as riquezas… Jesus os define ‘perigosos’. “A riqueza serve para muita coisa, para manter a família… mas se você acumula tudo, como um tesouro, vai lhe roubar a alma! Jesus, no Evangelho, fala deste tema, do risco de depositar esperanças na riqueza”.

O outro tesouro – prosseguiu – é a vaidade, ter prestígio, se exibir. E Jesus sempre condenou isso! “Lembrem-se dos doutores da lei, quando jejuavam, davam esmola e rezavam só para se mostrar”. “A vaidade não serve, porque acaba”.

Enfim, o terceiro tesouro – disse o Papa – é o orgulho. O Papa se referiu à Primeira Leitura, quando se narra da queda da cruel Rainha Atália. “Seu grande poder durou sete anos e depois foi assassinada. O poder termina!”. E alertou novamente: “Quantos homens e mulheres grandes e orgulhosos terminaram no anonimato, na miséria ou na prisão?”.

Segundo o Papa, estes três tesouros não servem. Ao invés deles, o Senhor nos pede que acumulemos “tesouros no céu”.

“Aqui está a mensagem de Jesus: ‘Mas, se o seu tesouro está nas riquezas, na vaidade, no poder, no orgulho, o seu coração vai estar acorrentado ali! Seu coração será escravo da riqueza, da vaidade, do orgulho’. E o que Jesus quer é que nós tenhamos um coração livre! Esta é a mensagem de hoje. ‘Mas, por favor, tenham um coração livre!’, nos diz Jesus. Fala-nos da liberdade do coração. E para se ter um coração livre só com os tesouros do céu: o amor, a paciência, o serviço aos outros, a adoração a Deus. Estas são as verdadeiras riquezas que não são roubadas. As outras riquezas pesam o coração. Pesam o coração: acorrentam-no, não lhe dão a liberdade!”

Um “coração escravo” acrescentou o Papa, “não é um coração luminoso: será tenebroso”. E se nós acumulamos tesouros da terra, “acumulamos trevas, que não servem!”. Estes tesouros, advertiu Francisco, “não nos dão alegria, mas acima de tudo não nos dão liberdade”. Em vez disso, “um coração livre é um coração luminoso, que ilumina os outros, que mostra o caminho que conduz a Deus”.

“Um coração luminoso, que não está acorrentado, um coração que vai para frente e que também envelhece bem como o bom vinho: quando o bom vinho envelhece é um bom vinho envelhecido. Em vez disso, o coração que não é luminoso é como o vinho que não é bom: o tempo passa e se estraga ainda mais, torna-se vinagre. Que o Senhor nos dê essa prudência espiritual, para entender bem onde está o meu coração, a que tesouro está ligado o meu coração. E também nos dê a força para desacorrentá-lo, se for acorrentado, para que se torne livre, para que se torne mais luminoso e nos dê esta bela felicidade de filhos de Deus: a verdadeira liberdade”.

(Rádio Vaticano)

Tags:
DinheiroPapa FranciscoValores
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

PT300x250.gif
Oração do dia
Festividade do dia





Envie suas intenções de oração à nossa rede de mosteiros


Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia