Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Quinta-feira 24 Junho |
São Rumoldo
home iconEstilo de vida
line break icon

“Aprendam com os propagadores do aborto”, sugere uma líder pró-vida

FOX News

Mark Stricherz - Aleteia Vaticano - publicado em 24/06/14

Kristan Hawkins destaca a relação de proximidade que organizações abortistas criam com mães solteiras assustadas

Antes de Kristan Hawkins subir ao palco de um grande salão de hotel em Washington, uma jovem assessora anunciou a sua biografia, que inclui uma lista de prêmios pró-vida conquistados pela diretora-executiva do Students for Life of America [Estudantes da América pela Vida]. "…e recebeu o Prêmio Weyrich de Liderança Juvenil em 2009", disse a porta-voz, pronunciando de forma errada o sobrenome do inspirador do prêmio.

O falecido Paul Weyrich foi um dos fundadores do movimento conservador na década de 1970, de modo que a pronúncia errada do seu sobrenome não caiu bem aos ouvidos de alguns dos 50 ativistas reunidos para a sessão anual da Coligação Fé e Liberdade.

Kristan Hawkins entrou no palco às 9h58 da manhã, sorrindo abertamente e acenando para a multidão com a mão direita. A jovem, na casa dos 30 anos, casada e mãe de três filhos, vestia com simplicidade um xale preto sobre um vestido azul royal. Os participantes a aplaudiram enquanto ela entrava, mas não a ovacionaram. Ninguém da plateia se levantou para recebê-la. 

Sete minutos e mil palavras depois, Kristan Hawkins fez a multidão gritar entusiasmada. "Amém!", chegou a bradar um punhado de ativistas, após alguns minutos do início do discurso dela. Quando Kristan terminou, metade da plateia estava em pé, aplaudindo e assobiando. Um ativista católico, ao comentar a respeito, disse que "Kristan está fazendo mais para mudar a cultura (do aborto) do que qualquer outra pessoa".

Mas Kristan Hawkins tem alguns detratores. Uma extensa lista de resultados do Google traz comentários negativos e estéreis sobre ela.

A primeira ovação a Kristan na plateia do Omni Sheraton Hotel veio pouco mais de um minuto após o início da sua fala.

Ela deu a entender que as alas libertárias e empresariais do Partido Republicano culpam injustamente os conservadores sociais pelas derrotas dos dois últimos candidatos presidenciais do partido, o senador John McCain e o governador Mitt Romney. "Sempre que os republicanos perdem, as pessoas dizem que a culpa é dos conservadores sociais. Eu estou aqui para dizer que essas pessoas estão erradas!", declarou Hawkins, levantando a voz. "Esta é uma questão da mulher. Nós somos mulheres. Esta é a hora de fazer tudo o que pudermos para acabar com o aborto!".

Embora os analistas políticos neutros concordem que McCain e Romney não foram derrotados por causa da sua oposição ao aborto, Kristan Hawkins agrada mais aos jovens e aos conservadores sociais do que os ativistas políticos e seus assessores. Os Students for Life promovem a proteção legal da criança ainda não nascida em todas as circunstâncias, inclusive em casos de estupro e de incesto.

O firme apoio de Kristan à vida tem limites. Ela não condena os apoiadores do direito ao aborto nem os seus aliados. Ela condena o ato do aborto. Para ela, o aborto não só mata a pessoa ainda não nascida, mas mutila a mãe e todos os envolvidos.

"Nós somos uma nação de pessoas feridas pelo aborto. Nós conhecemos alguém que abortou. Talvez alguns de nós tenham até participado de um aborto. Talvez tenhamos levado alguma mulher até a Planned Parenthood", disse Hawkins, referindo-se abertamente à poderosa organização que promove o aborto como ferramenta de planejamento familiar.

Um silêncio tomou conta da multidão. Hawkins estava fazendo uma observação panorâmica: há mulheres que abortam porque a Planned Parenthood e seus aliados estabelecem uma relação de confiança com elas, que são solteiras, assustadas e têm namorados e pais com quem não há a mesma relação de confiança. "Precisamos de relações e serviços melhores. Não cheguem até as pessoas com estatísticas sobre o aborto. Nós temos que relatar casos e histórias que mostram como o aborto fere a pessoa. As pessoas não querem saber o quanto você domina o assunto, mas o quanto você se importa com elas", afirmou Kristan.

  • 1
  • 2
  • 3
Tags:
AbortoVida
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
BABY GIRL
Mathilde de Robien
12 nomes de meninas cujo significado é ligado a Deus
2
Lucía Chamat
A curiosa foto de “Jesus” que está comovendo a Colômb...
3
CARLO ACUTIS
Francisco Vêneto
Corpo incorrupto: quais foram os tratamentos aplicados ao rosto d...
4
Aleteia Brasil
O dia em que os cães farejadores detectaram Alguém vivo no Sacrár...
5
Sintomas da depressão
Reportagem local
8 sintomas físicos da depressão: fique atento a si mesmo e ao seu...
6
lenda São Cipriano Santa Justina
Aleteia Brasil
São Cipriano era mesmo bruxo?
7
COMMUNION
Philip Kosloski
Antes da Comunhão, reze este ato de fé na presença real de Cristo
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia