Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Sábado 31 Outubro |
Beato Domingos Collins
home iconReligião
line break icon

As três vocações de João Batista

© ServizioFotograficoOR/CPP

<span class="standardtextnolink">November 21 , 2013 : Pope Francis celebrates a Mass in the church of Santa Marta in the Vatican.</span>

Vatican News - publicado em 24/06/14

Durante a homilia em Santa Marta, o Papa fala de João Batista, um exemplo seguro para o cristão

“Um cristão não anuncia a si mesmo, mas o Senhor”, ressalta o Papa Francisco durante a missa de hoje na Casa Santa Marta, na solenidade da natividade de São João Batista. O Papa se deteve diante da vocação do maior entre os profetas. 

Foram três verbos indicados pelo Papa, em relação à vocação de João Batista: preparar, discernir e diminuir.

Preparar a vinda do Senhor, discernir quem seja o Senhor, diminuir para que o Senhor cresça. “Era um homem importante, as pessoas o procuravam, o seguiam porque as palavras de João eram fortes. Suas palavras chegavam ao coração”, disse o Papa. “Sou a voz que grita no deserto”, respondeu João Batista aos doutores da Lei. Eis a primeira vocação de João Batista: “Preparar o povo, preparar o coração do povo para o encontro com o Senhor”, disse o Papa.

Quando o Espírito Santo revelou a João Batista que Jesus era o Messias, ele não teve receio em dizer: “é este. Este é o Cordeiro de Deus, aquele que tira o pecado do mundo”, essa era a segunda vocação de João, o discernimento.

A terceira vocação é diminuir: “naquele momento sua vida começou a se abaixar, diminuir, para que crescesse o Senhor”, disse o Papa. 

“A humilhação de João Batista é dupla: a humilhação da sua morte, como preço de um capricho, mas também a humilhação da escuridão da alma. João que soube esperar Jesus, que soube discernir, agora vê Jesus distante. Aquela promessa, se distanciou. E termina só, na escuridão, na humilhação. Permanece sozinho porque se destruiu para que o Senhor crescesse. João vê o Senhor distante dele, e ele humilhado, mas com o coração em paz”, disse o Papa Francisco.

É bonito pensar na vocação do cristão da mesma maneira. O cristão que não anuncia a si mesmo, anuncia outro: o Senhor. 

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Tags:
BíbliaCristãosMissionáriosPapa FranciscoVocação
Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
Brasileira Simone Barreto Silva é vítima de ataque terrorista na catedral de Nice
Reportagem local
Brasileira é vítima no ataque terrorista na c...
Reportagem local
França: atentado na basílica de Notre Dame em...
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma ...
Pe. Robson de Oliveira
Francisco Vêneto
Defesa desmente Fantástico, da TV Globo, em n...
Aleteia Brasil
O milagre que levou a casa da Virgem Maria de...
Reportagem local
Corpo incorrupto de Santa Bernadette: o que o...
Philip Kosloski
3 poderosos sacramentais para ter na sua casa
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia