Aleteia logoAleteia logoAleteia
Domingo 14 Abril |
Aleteia logo
Atualidade
separateurCreated with Sketch.

O “anjo” que o Papa beijou na Calábria

Jesús Colina - publicado em 24/06/14

Roberta Leonardi, de 21 anos, tocou o coração de Francisco, e o Papa tocou o coração da sua família

O nome dela é Roberta Leonardi: uma jovem de 21 anos, com deficiência desde o nascimento, foi o “anjo” que o Papa Francisco beijou no último sábado, ao parar seu carro em uma estrada da Calábria.

O vídeo que registra o momento, gravado por uma testemunha, tornou-se viral em poucos minutos, após ser publicado na internet.

A cena aconteceu na estrada que une Sibari a Cassano, junto à casa na qual a Roberta mora. O Papa pediu que parassem o carro no qual viajava, um simples Ford Focus, porque havia visto os cartazes que a família da jovem havia preparado: “Pare: aqui há um anjo que o espera”.

“Fizemos os cartazes de manhã, conta a mãe da Roberta, Filomena Seminara, explicando que não poderiam participar do encontro público com o Papa, já que a jovem não pode se ausentar de casa durante longos períodos.

“Ficamos na estrada, com a Roberta na maca – continua explicando aos jornalistas. Assim que o Papa nos viu, ele fez um sinal para o motorista, parou e desceu do carro.”

O Papa se aproximou e foi diretamente abraçar a jovem, em sua maca, enquanto os presentes, profundamente emocionados, aplaudiam.

Entre eles, estava o pai da Roberta, Mauro Leonardi; suas irmãs, Pamela, Teresa e Emília; os avós; e uma sobrinha pequena, que também se chama Roberta.

Depois, o Papa abençoou os presentes e entrou novamente no carro, entre a emoção geral.

A mãe da Roberta reconhece: “Recebi uma graça imensa quando o Papa tocou minha filha”.

A irmã, Pamela, acrescenta: “Este Papa é assim. Tem grandes gestos de humanidade”.

Tags:
Papa Francisco
Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia