Aleteia
Quarta-feira 21 Outubro |
São Bertoldo de Parma
Religião

Deixar-se maravilhar pelo que Jesus nos diz, pede Papa

© AFP PHOTO / FILIPPO MONTEFORTE

CITE DU VATICAN, Vatican City : Faithful wave a national flag of Lebanon as Pope Francis greets the crowd during his general audience at St Peter's square on June 25, 2014 at the Vatican. AFP PHOTO / FILIPPO MONTEFORTE

News.va - publicado em 26/06/14

Segundo o Papa Francisco, o povo seguia Jesus porque Ele era o Bom Pastor e falava a língua do povo

Na missa desta quinta-feira, o Papa Francisco baseou a sua homilia no modo como Jesus falava com as pessoas.

No Evangelho do dia, em Mateus, 7, 28-29, lê-se: “quando Jesus acabou de falar, a multidão ficou vivamente impressionada com os seus ensinamentos, porque Ele ensinava-os como quem possui autoridade e não como os doutores da Lei”.

Na sua meditação, o Santo Padre destacou que as multidões ficavam “maravilhadas" com o ensinamento de Jesus. Outros líderes falavam, mas não chegavam ao povo.

O Papa Francisco enumerou então quatro grupos do que falavam mas não chegavam ao povo: os fariseus, que faziam da religião um colar de mandamentos e os dez existentes passavam a ser trezentos, reduzindo a fé à casuística.

Em seguida, o Papa citou os saduceus, que tinham perdido a fé e dedicavam-se aos acordos de poder. Havia ainda os zelotes, que queriam fazer uma revolução para libertar o povo de Israel pela força. Por último, o Papa se referiu os essênios, que eram monges que se tinham consagrado a Deus, mas que estavam longe do povo.

Segundo o Papa Francisco o povo seguia Jesus porque Ele era o Bom Pastor e falava a língua do povo.

“É por isto que o povo seguia Jesus, porque era o Bom Pastor. Não era nem um fariseu casuístico moralista, nem um saduceu que fazia negócios políticos com os poderosos, nem é um guerrilheiro que procurava a libertação política do seu povo, nem um contemplativo de mosteiro. Era um pastor! Um pastor que falava a língua do seu povo, fazia-se entender, dizia a verdade, as coisas de Deus: não negociava nunca as coisa de Deus! Mas dizia-as em tal modo que o povo amava as coisas de Deus. Por isso é que O seguia.”

O Papa Francisco concluiu a sua homilia exortando-nos a deixarmo-nos maravilhar por aquilo que Jesus nos diz. 

(Rádio Vaticano)

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Tags:
HomiliasJesusPapa FranciscoPerseguição
Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
Aleteia Brasil
Quer dormir tranquilo? Reze esta oração da no...
CARLO ACUTIS
John Burger
Como foram os últimos dias de vida de Carlo A...
violência contra padres no Brasil
Francisco Vêneto
Outubro de cruz para padres no Brasil: um per...
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma ...
No colo de Maria
Como rezar o terço? Um guia ilustrado
Pe. Gilmar
Reportagem local
Padre é encontrado após três dias desaparecid...
CHILE
Reportagem local
Duas igrejas são incendiadas durante protesto...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia