Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Sexta-feira 30 Outubro |
Santo Angelo de Acri
home iconAtualidade
line break icon

Devemos ter medo do Facebook?

Hugues

Aleteia Vaticano - publicado em 02/07/14

A quantidade e intensidade das emoções vividas na rede social podem nos prejudicar

Um estudo publicado recentemente na revista científica americana "Proceedings of the National Academy of Sciences of the Usa" discutiu a existência de um “contágio emocional” e sua transferência através do Facebook.

Os pesquisadores demonstraram que diminuindo a qualidade dos posts que transmitem “mensagens positivas”, a qualidade de palavras que vinham usadas na rede social diminuia também. Em poucas palavras, as pessoas seriam facilmente influenciadas para uma direção, ou outra.

Uma das intenções da equipe de Mark Zuckerberg, criador do Facebook, seria entender a quantidade, intensidade e a qualidade das emoções que aparecem na rede social. Isso seria um elemento decisivo para fins comerciais e de negócios.

Nesse sentido, é evidente que algumas preocupações em relação ao Facebook precisamos ter. 

Cuidado, o Facebook vicia
Tanto quanto qualquer substância que cria dependência, o Facebook é viciante. Diferente da bebida ou outras coisas, esse vício é difícil de notar, o que significa que quem é dependente pode não ter consciência. Em média as mulheres permanecem 81 minutos do dia no Facebook, os homens 64.

Privacidade
A privacidade é sempre a grande preocupação para os usuários da web, e paradoxalmente é a maior falha do Facebook. As contínuas alterações da política de dados do Facebook deveria ser motivo suficiente de alerta.

Inveja social
Todos os estudos demonstram que o Facebook é o templo do ciúme e da inveja social. A maior parte das pessoas utiliza a rede social para postar momentos felizes. A leitura de um fluxo contínuo de momentos felizes de outras pessoas pode gerar inveja em quem lê, que confrontará inevitavelmente a própria vida com a dos outros.

Trabalho
A busca de trabalho pode ser a razão mais controversa para a desativação do perfil no Facebook. Mesmo que alguns estudos demonstrem que 90% dos recrutadores de trabalho avaliam o perfil do Facebook do candidato como parte do processo de escolha, o mesmo estudo indica que 69% dos recrutadores rejeitam o candidato pela mesma razão.

Estudo
O Facebook facilita a perda da concentração, fornecendo contínuas distrações. Frequentemente acontece que estudantes passam tanto tempo entre um perfil e outro, uma foto e outra, que quando se dão conta perderam uma hora de seu dia fazendo nada.

Devemos ter medo do Facebook? Obviamente não, mas é preciso critério e responsabilidade ao usá-lo, assim como com qualquer outra ferramenta tecnológica.

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Tags:
PecadotecnologiaVida
Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma ...
Aleteia Brasil
O milagre que levou a casa da Virgem Maria de...
Philip Kosloski
3 poderosos sacramentais para ter na sua casa
OLD WOMAN, WRITING
Cerith Gardiner
A carta de uma irlandesa de 107 anos sobre co...
Aleteia Brasil
Quer dormir tranquilo? Reze esta oração da no...
Reportagem local
Corpo incorrupto de Santa Bernadette: o que o...
No colo de Maria
Como rezar o terço? Um guia ilustrado
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia