Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Quinta-feira 28 Outubro |
Santos Apóstolos Simão e Judas Tadeu 
Aleteia logo
home iconAtualidade
line break icon

Suspeito de ataque a consulado americano em Benghazi agiu contra o Ocidente

© SIMON MAINA / AFP

<h3> Centre commercial de Westgate, Nairobi (Kenya)</h3>

AFP - publicado em 02/07/14

O ataque matou quatro americanos, incluindo o embaixador Christopher Stevens

O líbio detido como suspeito de ser o líder do ataque ao consulado americano em Benghazi agiu estimulado por um fervor contra o Ocidente, afirma o jornal Washington Post.

Os promotores afirmam nos documentos apresentados à corte na terça-feira que, depois do ataque de 11 de setembro de 2012, Ahmed Abu Khatala, o único detido pelo caso, e outros homens armados invadiram e assaltaram a representação diplomática. Retornaram em seguida a uma base para preparar uma ação a um prédio anexo da CIA na região.

O ataque matou quatro americanos, incluindo o embaixador Christopher Stevens.

Também provocou uma disputa política amarga em Washington, na qual a oposição republicana acusou o governo de Barack Obama de acobertar a ação, ao afirmar inicialmente que havia sido uma ação antiamericana espontânea.

Mas o governo admitiu pouco depois que havia sido um ataque terrorista.

A motivação de Khatala para atacar o consulado veio de suas visões anti-Ocidente extremistas, argumentam os promotores.

"Nos dias anteriores ao ataque, o acusado manifestou preocupação e repúdio à presença de uma unidade americana em Benghazi", afirmam os documentos, destacou o Post.

Abu Khatala foi detido em 15 de junho pelas forças especiais dos Estados Unidos em uma operação armada secreta em território líbio. Ele foi transferido aos Estados Unidos.

Duas semanas depois ele foi acusado de "conspiração para fornecer apoio material e recursos a terroristas" por um grande júri federal. Abu Khatala se declarou "inocente".

Segundo o jornal, a única acusação será ampliada com outras imputações, incluindo algumas que podem resultar na pena de morte.

As provas nas mãos da promotoria para acusa Khatala incluem "fotografias e vídeos do ataque, testemunhos e evidência de que os criminosos fizeram alarde de seu envolvimento", indicou o Post.

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
SANDRA SABATTINI
Francisco Vêneto
Primeira noiva em processo de canonização na história foi beatifi...
2
EUCHARIST
Reportagem local
O que fazer se a hóstia cair no chão durante a Missa?
3
Papa Francisco
Francisco Vêneto
Papa Francisco: “Tenho medo dos diabos educados”
4
Pe. Jonas Magno de Oliveira e sua mãe
Francisco Vêneto
Mãe de padre brasileiro se torna freira na mesma família religios...
5
Transplante de rins
Francisco Vêneto
Transplante de rim de porco em humanos: a Igreja tem alguma objeç...
6
As irmãs biológicas que se tornaram freiras no instituto Iesu Communio
Francisco Vêneto
As cinco irmãs biológicas que se tornaram freiras em apenas 2 ano...
7
BENEDICT XVI
Marzena Wilkanowicz-Devoud
A arte de morrer bem, segundo Bento XVI
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia