Aleteia
Segunda-feira 26 Outubro |
São Fulco
Atualidade

Líbia ameaçada por nova guerra civil

<p>Porta-voz do governo líbio, Ahmad Lamen, fala com a imprensa em 15 de julho de 2014, em Trípoli</p>

AFP - publicado em 16/07/14

Alguns analistas acreditam que os enfrentamentos estão ligados aos resultado preliminares das eleições legislativas de 25 de junho

Os combates pelo controle do aeroporto de Trípoli ameaçam mergulhar a Líbia em uma nova guerra civil, e o governo, impotente, não descarta pedir ajuda de uma força internacional.

O secretário de Estado americano, John Kerry, alertou nesta terça-feira que a violência no país é "perigosa e deve parar".

"Estamos trabalhando arduamente para encontrar uma coesão política", declarou Kerry, em coletiva de imprensa em Viena, na Áustria.

O governo líbio anunciou na segunda-feira que examinava a possibilidade de pedir ajuda a tropas internacionais para restabelecer a segurança no país. Na noite de segunda, o aeroporto da capital foi alvo de uma chuva de foguetes, que causou grandes estragos em suas instalações, danificando vários aviões.

De acordo com um comunicado divulgado, 90% das aeronaves no aeroporto foram atingidas, além da torre de controle, de um centro de manutenção e do prédio da alfândega.

Na noite desta terça-feira, as autoridades anunciaram a retomada dos voos no aeroporto de Misrata e a abertura do terminal aéreo de Miitiga, na região de Trípoli, para paliar os efeitos do fechamento do aeroporto da capital líbia.

O funcionamento dos aeroportos de Misrata e Miitiga permitirão o regresso de milhares de líbios bloqueados desde o domingo no exterior.

No domingo, as milícias islâmicas atacaram o aeroporto de Trípoli para expulsar as brigadas de Zenten. Esse grupo controla vários locais ao sul da capital.

A ‘Célula das Operações Revolucionárias da Líbia’, composta por milícias consideradas o braço armado da corrente radical islâmica no país, reivindicou os ataques.

Os milicianos de Zenten são considerados o braço armado da corrente liberal e estão entre as brigadas mais disciplinadas e bem armadas da Líbia. Oficiosamente, são ligados ao Ministério da Defesa.

Milícias da cidade de Misrata, aliadas dos islamitas, também estão envolvidas nos confrontos.

Uma luta de influência opõe Misrata e Zenten, cidades do oeste líbio que participaram ativamente da rebelião de 2011 contra o regime de Muammar Khadafi.

– Influência das eleições –

Alguns analistas acreditam que os enfrentamentos estão ligados aos resultado preliminares das eleições legislativas de 25 de junho, anunciados em 6 de julho.

"Agora está claro que o ataque ao aeroporto tem uma relação direta com os resultados das eleições", considerou Othman Ben Sasi, ex-membro do Conselho Nacional de Transição (CNT), braço político da rebelião contra Khadafi.

"Estes combates são parte de uma disputa por influência", explicou à AFP. "Existe um grupo que perdeu as eleições e que tenta ganhar influência de outra maneira", acrescentou, referindo-se aos islamitas.

Desde a queda de Khadafi, as milícias impõem sua lei no país, frente a debilidade das autoridades.

Neste contexto, o governo indicou na noite de segunda que examinava "a possibilidade de fazer um apelo a forças internacionais para restabelecer a segurança sobre o território e ajudar o governo a impor sua autoridade".

De acordo com o governo, as forças teriam como missão "proteger os civis e as riquezas do Estado, evitar a anarquia e a instabilidade, e dar ao Estado a oportunidade de criar suas instituições, em particular o Exército e a Polícia".

Paradoxalmente, o governo fez esse anúncio pouco depois da saída da missão da ONU na Líbia (UNSMIL), que retirou seus funcionários por questões de segurança.

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
Philip Kosloski
3 poderosos sacramentais para ter na sua casa
Aleteia Brasil
Quer dormir tranquilo? Reze esta oração da no...
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma ...
Papa Francisco
Francisco Vêneto
Papa Francisco e casais homossexuais: o que e...
Aleteia Brasil
O milagre que levou a casa da Virgem Maria de...
SAINT MICHAEL
Philip Kosloski
Oração a São Miguel por proteção contra inimi...
Rosário
Philip Kosloski
Benefícios do Rosário: 3 virtudes que aprende...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia