Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Terça-feira 24 Novembro |
Santas Flora e Maria
home iconAtualidade
line break icon

Comissária de Direitos Humanos da ONU pede investigação sobre possíveis crimes de guerra israelenses

<p>A alta comissária da ONU para os Direitos Humanos, Navi Pillay</p>

AFP - publicado em 23/07/14

"Existe uma alta possibilidade de que o direito humanitário internacional tenha sido violado"

A alta comissária da ONU para os Direitos Humanos, Navi Pillay, pediu nesta quarta-feira uma investigação sobre possíveis crimes de guerra israelenses em Gaza, ao mesmo tempo em que denunciou ataques indiscriminados do movimento islamita palestino Hamas contra zonas civis de Israel.

"Existe uma alta possibilidade de que o direito humanitário internacional tenha sido violado, o que pode constituir crimes de guerra", disse Pillay, citando como exemplo a destruição de casas e os civis mortos na Faixa de Gaza, entre eles crianças.

A Alta Comissária pediu uma investigação sobre cada um destes crimes.

Pillay participava de uma reunião extraordinária do Conselho de Direitos Humanos da ONU sobre a ofensiva militar israelense no território palestino, que deixou 650 mortos palestinos e 31 israelenses mortos em pouco mais de duas semanas. O Conselho realizou uma reunião urgente solicitada pelos palestinos e pelos países árabes para exigir o respeito ao direito internacional em Gaza e na Cisjordânia ocupada.

A Alta Comissária também criticou o momento islamita palestino, considerando que, "mais uma vez, os princípios de diferenciação e de precaução não foram respeitados claramente nos ataques indiscriminados cometidos contra zonas civis pelo Hamas e por outros grupos palestinos armados".

Um projeto, que será submetido à votação dos participantes da reunião, condena "firmemente as violações maciças e sistemáticas dos direitos humanos provenientes das operações militares israelenses desde 13 de junho nos territórios palestinos ocupados, em particular a ofensiva israelense em Gaza".

"Israel está cometendo crimes hediondos. Israel destrói completamente bairros residenciais. O que Israel faz (…) é um crime contra a humanidade", declarou o ministro das Relações Exteriores palestino, Riad Maliki, perante o Conselho.

"Israel, força de ocupação, mira há 16 dias nas crianças, mulheres, idosos e os priva de seu direito à vida com bombardeios. Há uma incursão terrestre (…) e isso vai trazer consigo crimes contra civis palestinos, assassinatos deliberados de civis", acrescentou.

Já o representante israelense no Conselho, Eviatar Manor, acusou o Hamas de cometer "crimes de guerra quando dispara foguetes e mísseis" contra civis, constrói túneis para atacar aldeias e oculta munições nas escolas.

"O Hamas carrega toda a responsabilidade pelas vítimas de Gaza" e o presidente palestino, Mahmud "Abbas, deveria dissolver seu governo para demonstrar sua vontade de paz", afirmou.

O Hamas renunciou oficialmente ao poder na Faixa de Gaza após um acordo com a Organização para a Libertação da Palestina (OLP) de Abbas e a posterior formação no dia 2 de junho de um governo de união para Gaza e Cisjordânia composto por personalidades independentes. Israel criticou severamente a formação deste gabinete de união.

O projeto de resolução examinado nesta quarta-feira pelo Conselho de Direitos Humanos da ONU pede proteção internacional para os palestinos e uma investigação internacional urgente sobre a ofensiva israelense.

Também pede à Suíça, como depositária das convenções de Genebra, que organize uma conferência sobre a situação nos territórios ocupados.

Segundo Manor, este projeto de resolução é um texto totalmente desequilibrado que "joga lenha na fogueira".

Tags:
Mundo
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
FATHER PIO
Maria Paola Daud
Quando Jesus conversou sobre o fim do mundo c...
Philip Kosloski
3 poderosos sacramentais para ter na sua casa
Medalha de São Bento
pildorasdefe.net
Oração a São Bento para afastar o mal e pedir...
Reportagem local
Oração para afastar o mal de um recinto
SAINT MICHAEL
Philip Kosloski
Oração a São Miguel por proteção contra inimi...
pildorasdefe.net
Por que você não vai para frente? Talvez este...
AGNUS DEI,LAMB
Jesús Colina
Ninguém consegue ouvir este “Agnus Dei” sem s...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia