Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Sábado 05 Dezembro |
São Saba
home iconAtualidade
line break icon

GB segue exportando armas para a Rússia

<p>O premier britânico, David Cameron</p>

AFP - publicado em 23/07/14

Cameron afirmou que era impensável que seu país vendesse um navio de guerra à Rússia

A Grã-Bretanha seguia exportando equipamento militar para a Rússia, segundo um relatório parlamentar publicado nesta quarta-feira, pouco depois de o primeiro-ministro David Cameron criticar a França por vender armas a Moscou.

Cameron exigiu que a União Europeia interrompa suas vendas militares à Rússia, acusada de equipar e treinar os separatistas do leste da Ucrânia.

O primeiro-ministro britânico prometeu em março que seu país deixaria de fornecer armas a Moscou.

Mas o relatório revela que 251 licenças de vendas de armas à Rússia seguem em vigor por um valor de 132 milhões de libras esterlinas (225 milhões de dólares).

As licenças permitem a exportação de rifles de precisão, munição de pequeno calibre, coletes à prova de balas, equipamentos de comunicação, de visão noturna e de criptografia, explicou o texto.

Apenas 31 licenças estão suspensas ou revogadas, e outras três já não têm a Rússia como cliente, segundo o relatório.

Tanto Londres quanto Washington criticam a decisão da França de vender dois navios de guerra à Rússia, uma operação avaliada em 1,2 bilhão de euros.

Paris respondeu que o primeiro destes barcos de tipo Mistral já está pago, e por isso deve ser entregue, e que a segunda entrega depende do comportamento de Moscou.

Cameron afirmou que era impensável que seu país vendesse um navio de guerra à Rússia.

Mas o comitê de controle de exportações de armas do Parlamento britânico criticou no relatório o fato de a Grã-Bretanha não assumir uma política mais cautelosa em relação à Rússia.

Um porta-voz do governo conservador afirmou após a publicação do documento que todas as licenças estão sendo revisadas.

Tags:
Mundo
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
HUG
Dolors Massot
Médico abraça paciente com Covid-19 que chora...
PADRE NO ALTAR DA MISSA
Reportagem local
Missa de Crisma é interrompida por policiais ...
Missa de Crisma
Reportagem local
Arcebispo detona interrupção de Missa: "Ocorr...
BOKO HARAM NIGÉRIA
Francisco Vêneto
Terroristas islâmicos degolam mais de 100 pes...
Bispo brasileiro Dom Antônio Carlos Rossi Keller
Reportagem local
Mais um bispo brasileiro detona: "Autoridades...
Aleteia Brasil
Oração do Advento
No colo de Maria
Como rezar o terço? Um guia ilustrado
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia