Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Segunda-feira 30 Novembro |
São Mirocletes
home iconAtualidade
line break icon

Exército sírio perde base militar para jihadistas do EI

<p>Destruição na cidade de Homs, na Síria, em 12 de maio de 2014.</p>

Agências de Notícias - publicado em 27/07/14

Os jihadistas do Estado Islâmico tuitaram fotos de corpos sem cabeça

O Exército sírio retomou neste sábado o controle do campo petrolífero de Shaer, na província de Homs (centro), do qual os jihadistas do Estado Islâmico (EI) haviam se apoderado há uma semana, mas perdeu uma importante base militar no norte do país.

O Exército declarou ter tomado "o controle total do monte Shaer e de seu campo petrolífero", depois de matar "um grande número de terroristas" do EI, em comunicado divulgado pela agência oficial Sana.

As forças do regime do presidente Bashar al-Assad retiram agora "as minas e os artefatos explosivos" instalados na região", diz o texto.

"Desde essa manhã, ocorrem combates ao redor do campo de Shaer", explicou Rami Abdel Rahman, diretor do Observatório Sírio de Direitos Humanos (OSHD), à AFP.

"O Exército conseguiu expulsar os jihadistas do local e controla a partir de agora o campo e as montanhas ao redor", afirmou, acrescentando que houve baixas nos dois lados, mas sem informar um número.

Durante a tomada do campo pelos insurgentes, em 19 de julho, mais de 300 soldados morreram.

No norte do país, as forças do Estado Islâmico ampliaram neste sábado seu controle sobre a província de Raqa, tomando uma base do Exército em combates que mataram ao menos 85 soldados em 48 horas.

"O EI tomou o controle da base da Divisão 17", declarou neste sábado à AFP Rami Abdel Rahman.

O Exército sírio havia abandonado, na noite de sexta-feira, esta grande base situada ao norte da cidade de Raqa, reduto do EI, depois de 48 horas de combates, segundo o OSDH.

Com a perda da Divisão 17, o Exército conta agora com apenas duas posições na província de Raqa.

Desde o início, na quinta-feira, do ataque do EI contra esta base, ao menos 50 soldados foram executados pelos jihadistas, 19 morreram em um duplo atentado suicida e ao menos outros 16 caíram em combate, segundo o OSDH.

"Centenas de soldados que sobreviveram se retiraram para locais seguros", mas "o paradeiro de 200 militares é ignorado", destacou Rahman.

"Alguns soldados foram decapitados e seus corpos, expostos em Raqa". Os jihadistas também tuitaram fotos de corpos sem cabeça.

(AFP)

Tags:
Mundo
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
READING
Gelsomino Del Guercio
3 regras fundamentais para os leitores da mis...
Aleteia Brasil
Oração do Advento
SANTUÁRIO DE APARECIDA INTERIOR BASÍLICA
Reportagem local
Suposto surto de covid-19 entre padres do San...
Jesús V. Picón
Padre com câncer terminal: perde os olhos, ma...
OLD WOMAN, WRITING
Cerith Gardiner
A carta de uma irlandesa de 107 anos sobre co...
FIRST CENTURY HOUSE AT THE SISTERS OF NAZARETH SITE
John Burger
Arqueólogo diz ter encontrado a casa onde Jes...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia