Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Sábado 18 Setembro |
São José de Cupertino
home iconAtualidade
line break icon

Canal de televisão árabe mostra apoio aos cristãos iraquianos

© Public Domain

Dima Sadeq with letter nun

Judikael Hirel - publicado em 30/07/14

Uso da letra inicial de “cristãos” em árabe se espalha pelas redes sociais e chega também a emissoras do mundo muçulmano

Um canal de televisão libanês está usando em seu logotipo a letra árabe “nun”, equivalente ao “n” do alfabeto latino, em aparente demonstração de solidariedade para com os cristãos perseguidos no Iraque. A letra é a inicial da antiga palavra árabe “nassarah”, um termo usado no alcorão para se referir aos cristãos.

Dima Sadeq, uma das principais apresentadoras do canal LBCI, apareceu na tela usando uma camiseta com a letra “nun” estampada. "De Mossul a Beirute, todos nós somos ‘nun’", disse ela pouco antes de uma recente edição do noticiário noturno da LBCI.

Após a invasão da cidade iraquiana de Mossul pelos militantes do grupo extremista Estado Islâmico (EI), em junho último, as casas dos cristãos foram marcadas com a letra “nun”. Muitos cristãos fugiram da cidade depois de receberem ordens para escolher uma de três alternativas: pagar um imposto aos extremistas, converter-se ao islamismo ou enfrentar a morte.

"Todos nós somos alvos para quem aponta o dedo ou a espada por causa das nossas diferenças, sejam diferenças de sexo, de religião ou de cor da nossa pele", declarou Sadeq, acrescentando: "Todos nós somos alvos de homicídio nesta era de loucura".

O site de notícias Naharnet cita duas fontes de inspiração para a iniciativa da LCBI: a jornalista muçulmana iraquiana Dalia al-Aqidi, que começou uma campanha de uso da cruz ao pescoço para demonstrar solidariedade para com os compatriotas cristãos, e os usuários libaneses das redes sociais, que começaram a trocar a própria foto pela letra “nun”.

Tags:
MundoPerseguição

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
BEATRIZ
Reportagem local
Mistério do sumiço de uma mulher em Aparecida já dura 9 anos
2
Pe. Zezinho
Reportagem local
Pe. Zezinho faz alerta sobre orações de cura e libertação
3
Orfa Astorga
Os erros mais comuns das sogras
4
Papa Francisco pede homilias mais curtas
Francisco Vêneto
Papa Francisco pede aos padres: façam homilias mais curtas
5
Papa Francisco
Francisco Vêneto
Papa reafirma: casamento sacramental é só entre homem e mulher
6
Berthe and Marcel
Lauriane Vofo Kana
O segredo do casal que tem a união mais longa da França
7
tentativa suicídio depoimento
Reportagem local
EM IMAGENS: A cara da depressão profunda e do suicídio é não ter ...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia