Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.
Cadastre-se e receba Aleteia diretamente em seu email. É de graça.
Receber

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

Papa Francisco: Deus não deixa faltar o pão nosso de cada dia

Compartilhar

Para que não falte o pão, é preciso saber partilhar com o próximo e saber enfrentar com fraternidade as necessidades do mundo

O Papa Francisco afirmou hoje que Deus não deixa faltar o pão nosso de cada dia, se soubermos partilhar como irmãos. (Assista ao vídeo acima)

“Compaixão, partilha, Eucaristia: este o caminho que Jesus nos indica neste Evangelho”. Foi o que afirmou o Papa Francisco neste domingo ao meio-dia, na Praça de São Pedro, comentando a liturgia deste dia, com o episódio da multiplicação dos pães, segundo São Mateus.

“Perante a multidão que o assedia e – por assim dizer – não o deixa em paz, Jesus não reage com irritação, mas sente compaixão… Ele sabe que as pessoas não o procuram por curiosidade, mas por necessidade… Jesus ensina-nos a colocar as necessidades dos pobres acima das nossas. As nossas exigências, embora legítimas, nunca serão tão urgentes como as dos pobres, que não têm o necessário para viver”.

No que diz respeito à partilha, “é útil confrontar a reação dos discípulos perante aquelas pessoas cansadas e cheias de fome com a de Jesus”.

“Duas reações diferentes, que refletem duas lógicas opostas. Jesus raciocina segundo a lógica de Deus, que é a da partilha”.

Se tivesse mandado embora as pessoas, muitos teriam ficado sem comer… Assim, aqueles poucos pães e peixes, partilhados e abençoados por Deus, bastaram para toda a gente… Mas não se trata de magia!  “Atenção: não é magia, é um sinal! Um sinal que convida a ter fé em Deus, Pai providente, que não nos deixa faltar o pão nosso de cada dia, se o soubermos partilhar como irmãos!” 

Finalmente, a terceira mensagem deste Evangelho, segundo o Papa Francisco, é que este prodígio dos pães preanuncia a Eucaristia, como se vê desde logo no gesto de Jesus, que “recitou a bênção” antes de partir o pão e o distribuir pela multidão. É o mesmo gesto que Jesus faz na Última Ceia, quando instituir o memorial perpétuo do seu Sacrifício redentor. Na Eucaristia Jesus… dá o pão da vida eterna, dá-se a Si mesmo, oferecendo-se ao Pai por nosso amor. 

Recapitulando, o Papa recordou de novo que “partilha – comunhão – Eucaristia” constituim o caminho que Jesus nos indica neste Evangelho: caminho que nos leva a enfrentar com fraternidade as necessidades deste mundo, mas nos conduz para além deste mundo.

(Rádio Vaticano)

Boletim
Receba Aleteia todo dia