Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.
Receba diretamente no seu email os artigos da Aleteia.
Cadastrar-se

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

Quase 300 emigrantes resgatados em um dia no estreito de Gibraltar

Imigrantes ilegais aguardam no porto de Tarifa, após serem resgatados pela guarda costeira espanhola enquanto tentavam cruzar o Estreito de Gibraltar em pequenos barcos.

Compartilhar

Segundo a imprensa espanhola, trata-se do maior número de imigrantes em situação ilegal a chegar ao país em apenas um dia desde 2010

Quase 300 imigrantes subsaarianos que tentavam chegar à Espanha a bordo de embarcações precárias foram resgatados nesta segunda-feira no estreito de Gibraltar, informou o serviço espanhol de salvamento marítimo.

Três botes infláveis foram localizados durante a noite com 32 emigrantes a bordo, entre eles três mulheres e uma criança, informou o salvamento marítimo em sua conta no Twitter.

Junto a outras 28 embarcações interceptadas durante o dia, o salvamento marítimo resgatou 299 imigrantes: 253 homens, 42 mulheres e quatro crianças, incluindo um bebê.

Dezenas de emigrantes subsaarianos, muitos cobertos com mantas da Cruz Vermelha, chegaram durante a tarde ao porto espanhol de Tarifa, no extremo sul da Península Ibérica, onde foram recebidos por agentes da Guarda Civil equipados com luvas de borracha e máscaras médicas diante do alerta internacional pela epidemia de Ebola na África.

Segundo a imprensa espanhola, trata-se do maior número de imigrantes em situação ilegal a chegar ao país em apenas um dia desde 2010.

No domingo, outros 27 subsaarianos foram resgatados no mar, após os 41 socorridos no sábado diante da costa espanhola.

São leitores como você que contribuem para a missão da Aleteia

Desde o início de nossas atividades, em 2012, o número de leitores da Aleteia cresceu rapidamente em todo o mundo. Estamos comprometidos com a missão de fornecer artigos que enriquecem, informam e inspiram a vida católica. Por isso queremos que nossos artigos sejam acessados por todos. Mas, para isso, precisamos da sua ajuda. O jornalismo de qualidade tem um custo (maior do que o que a propaganda consegue cobrir). Leitores como você podem fazer uma grande diferença, doando apenas $ 3 por mês.