Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Sábado 05 Dezembro |
São Saba
home iconEstilo de vida
line break icon

Licença-maternidade: conselhos para voltar ao trabalho

© NotarYES/SHUTTERSTOCK

LaFamilia.info - publicado em 16/08/14

O mais importante: acabar com o sentimento de culpa

Voltar ao trabalho após a licença-maternidade pode se tornar uma transição difícil, tanto para o bebê quanto para a mãe, porque são muitas as mudanças que ambos precisam enfrentar. Não se trata somente do primeiro desprendimento entre mãe e filho: a mulher também se reintegra ao mercado de trabalho, encarando seus desafios.

Os primeiros dias de adaptação à nova rotina podem causar nas mães muita angústia, estresse e nervosismo. É por isso que apresentamos as seguintes sugestões:

Acabar com o sentimento de culpa

Em algumas mulheres, apresenta-se um sentimento de culpa por voltar ao trabalho e deixar o filho em casa. No entanto, é preciso desterrar este pensamento de uma vez por todas. A realidade é que as condições dos lares muitas vezes exigem várias fontes de renda. O importante é garantir que o bebê estará em boas mãos e procurar que o tempo compartilhado com ele seja verdadeiramente proveitoso.

Quem cuidará do meu filho?

O ideal é que as pessoas próximas da família se encarreguem do bebê, pelo menos nos primeiros meses. Se isso não for possível, será preciso recorrer a uma pessoa de total confiança. Neste caso, pesquise sobre seu trabalho em outros lugares, sua vida pessoal, sua experiência, e busque conhecê-la antes do parto.

Enfim, tome as precauções necessárias para escolher uma boa cuidadora. Não obstante, se os pais ficarem mais tranquilos deixando o bebê em uma creche especializada, pode ser uma outra boa opção. Visite o lugar e conheça as pessoas que estarão cuidando do seu filho.

Apoio dos familiares

É importante que o esposo e as pessoas próximas da mãe lhe ofereçam seu apoio e se mostrem compreensivos, pois não é um momento fácil para ela.

Envolvimento do pai

O pai do bebê precisa se envolver mais no cuidado do filho. É necessário colaborar com a mãe para que ela possa fazer outras atividades e descansar um pouco. Dividam as tarefas, de maneira que a responsabilidade não recaia apenas sobre um dos cônjuges. Isso pode enriquecer muito o casamento.

Concentre-se no seu trabalho

Seu bebê estará o tempo todo em sua mente e isso causa certa dispersão. Pense que o trabalho é uma oportunidade para dar à sua família aquilo de que ela precisa materialmente, e por isso é importante mantê-lo.

Negociar algumas condições de trabalho

O ideal seria negociar um horário flexível para os primeiros meses após a licença-maternidade, ou pelo menos evitar estender a jornada de trabalho, pois o bebê precisa de sua mãe em casa.

Não parar de amamentar

A mãe pode deixar mamadeiras prontas antes de ir trabalhar, em alguns casos. É importante lembrar que o alimento materno oferece inúmeros benefícios ao bebê, bem como uma grande satisfação à mãe.

Buscar outras opções

Por último, se o emprego está afetando a mulher mais do que o normal, é aconselhável pensar na possibilidade de procurar um emprego com horário flexível, ou que possa ser realizado em casa. A mulher pode inclusive pensar na possibilidade de criar seu próprio negócio.

Tags:
CasamentoFilhosMaternidadeTrabalho
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
HUG
Dolors Massot
Médico abraça paciente com Covid-19 que chora...
PADRE NO ALTAR DA MISSA
Reportagem local
Missa de Crisma é interrompida por policiais ...
Missa de Crisma
Reportagem local
Arcebispo detona interrupção de Missa: "Ocorr...
BOKO HARAM NIGÉRIA
Francisco Vêneto
Terroristas islâmicos degolam mais de 100 pes...
Bispo brasileiro Dom Antônio Carlos Rossi Keller
Reportagem local
Mais um bispo brasileiro detona: "Autoridades...
Aleteia Brasil
Oração do Advento
No colo de Maria
Como rezar o terço? Um guia ilustrado
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia