Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Segunda-feira 01 Março |
São Félix III (II)
home iconEstilo de vida
line break icon

Álcool + diversão = uma mistura perigosa para os adolescentes

© David Brooks

Revista Ser Persona - publicado em 19/08/14

Três possíveis causas e uma grande consequência: o empobrecimento da vida pessoal e social

Chega o fim de semana, começa a noite e as baladas promovem festas que atraem jovens à diversão vinculada ao álcool; as festas em casas de amigos dão passe livre ao seu consumo até altas horas da madrugada; outros – muitas vezes adolescentes, de ambos os sexos – simplesmente compram uma grande quantidade de bebidas e saem por aí, muitas vezes dirigindo, para divertir-se.

No dia seguinte, é possível fazer uma triste contagem das notícias trágicas na mídia sobre acidentes, aos quais se somam os comentários sociais grotescos nos diversos ambientes.

Ainda assim, isso só mostra parte do fenômeno, algo como a ponta de um iceberg: brigas nas saídas das baladas; altas velocidades nas ruas; testemunhos de vulgaridade; faltas de respeito à ordem social em todas as suas expressões, bem como entre os adolescentes que saíram juntos para se divertir.

Além disso, há ressacas físicas e morais por comportamentos que podem ou não ser lembrados; por ter feito o ridículo; por ter perdido o bom senso e, com isso, outras coisas difíceis de recuperar ou reparar.

As causas deste triste fenômeno são variadas. As mais frequentes são:

Ambiente familiar: famílias desintegradas; maus-tratos ou violência; carência afetiva; cultura familiar de convivência e diversão ao redor do álcool; pais e/ou irmãos mais velhos dependentes de álcool.

Ambiente social: tolerância social e ilegal no consumo do álcool. A corrupção se manifesta em não sancionar os estabelecimentos que vendem bebidas alcoólicas a menores de idade, a indução da publicidade ao consumo de bebidas dirigido a adolescentes, apenas com fins comerciais.

Psicologia do adolescente: o consumo de bebidas alcoólicas possui, para os jovens de hoje, um simbolismo cultural, como um rito coletivo de iniciação da vida adulta; é a porta de entrada para ser aceito e fazer sucesso no grupo de amigos; para não desentoar em um ambiente de diversão no qual todos bebem; experimentar o que acontece quando se bebe; também é um meio para livrar-se dos condicionamentos internos (medo, timidez, ansiedade etc.) e "reconfigurar" a personalidade.

Assim, o álcool passa a ser visto como a fórmula infalível para a obtenção de uma "alegria" que deriva de um prazer de curta duração e que, por isso, carrega a exigência de aumentar a dose e a frequência de consumo.

Assim, buscando apenas a euforia passageira que o álcool produz, os adolescentes acabam mais aficionados às bebedeiras perigosas, e a primeira coisa que fazem ao sair de casa é beber a maior quantidade de álcool no menor tempo possível, buscando "colocar-se" em uma dimensão que permita esquecer-se dos próprios problemas, superar limitações, livrar-se do tédio ou da depressão, manifestando, com isso, um vazio interior que é fruto da imaturidade e que pode levar à dependência.

É assim que muitos adolescentes de hoje associam, de maneira "necessária", o sair para divertir-se com o consumo de álcool, acostumando-se ao trato que prevalece em um ambiente de pessoas que, não tendo desenvolvido a capacidade para o diálogo consigo mesmas, tampouco a desenvolveram com relação aos outros e, sem saber, entram em uma espiral de empobrecimento pessoal, unido a todos os riscos antes mencionados.

(Artigo publicado originalmente pela revista Ser Persona)

Tags:
JuventudePecadoValores
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
KOMUNIA NA RĘKĘ
Claudio de Castro
Padre chora copiosamente diante da falta de respeito com a Eucari...
2
PRAYER
Desde la Fe
Coisas que você não deve fazer na Missa e talvez não saiba
3
RECONSTRUCTED CHRIST
Lucandrea Massaro
Assim era Jesus: o misterioso Homem do Sudário, reconstruído em 3...
4
HOLY FAMILY
Philip Kosloski
A antiga oração a São José que é “conhecida por nunca ter falhado...
5
MEXICO
Pablo Cesio
México: homem chega à própria missa de corpo presente
6
missionárias mártires iêmen
Reportagem local
A corajosa última oração destas 4 freiras antes de serem mortas p...
7
PRAY YOUNG
Arquidiocese de São Paulo
Rezar o terço sem contemplar os mistérios é válido?
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia