Aleteia logoAleteia logoAleteia
Domingo 05 Dezembro |
São Saba
Aleteia logo
Religião
separateurCreated with Sketch.

É possível adivinhar o futuro?

Blirk.net

Pe. Henry Vargas Holguín - publicado em 20/08/14


e, em todos os casos, devemos tratá-las com respeito quando chegam até nós de fontes confiáveis e que estejam em consonância com a doutrina católica e suas regras morais – este é um critério fundamental.

A verdadeira prova destas profecias é o seu cumprimento. Esta e a regra anterior ajudarão a diferenciar as profecias verdadeiras das falsas.

As revelações privadas precisam ser tratadas com muito tato, sobretudo quando falam do estado das almas depois da morte, e mais ainda dos já canonizados pela Igreja.

E o segredo de condenação jamais será revelado, menos ainda dos que ainda vivem, pois, enquanto a alma permanecer nesta vida, sua salvação será possível.

As profecias ou revelações que dão a conhecer os pecados dos outros, ou que anunciam a condenação ou predestinação de almas, devem ser objeto de dúvida.

Mas o que é exatamente uma profecia?

Na teologia mística, o uso do termo “profecia” se aplica tanto às profecias da Escritura canônica (revelação pública) como às profecias pessoais (revelação privada).

O dom da profecia, entendido em sentido estrito, consiste em ter conhecimento, às vezes antecipado, de algo que Deus quer comunicar ou revelar, direta ou indiretamente (por meio da Virgem Maria ou dos santos) ou em contemplar acontecimentos ou verdades que não podem ser conhecidos à luz da razão sozinha.

Sabemos que Deus, em seu ensinamento, se manifestou a nós sob diversas formas, e deu sua Revelação por meio de diferentes e válidos meios; recordemos que Ele até mandou anjos (Êxodo 23, 20-23, Lucas 1, 28 etc.).

Receber uma mensagem ou adivinhar

Este tema tem tantos anos quanto a história da salvação; muitos de nós ouviram pessoas que garantem ter recebido mensagens, que podem ser de Nossa Senhora, de santos, de anjos ou do próprio Jesus.

Deus dá a conhecer sua vontade ao receptor do dom da profecia ou quer que saiba algo que é bom saber.

Mas o futuro não é como uma realidade paralela que já foi estabelecida desde a eternidade e que vai se materializando ou concretizando pouco a pouco, à medida em que o tempo passa, até chegar ao momento presente: neste sentido, o futuro não existe.

Deus simplesmente revela, em seu momento, ao profeta ou ao receptor da profecia, uma coisa pontual, por exemplo, que agirá de tal ou qual maneira, ou quer comunicar algo.

Então, por parte do ser humano, uma coisa é pretender adivinhar ou trazer ao presente alguma realidade futura (que é impossível), e outra, muito diferente, é a intervenção de Deus na história pessoal ou humana para agir e/ou comunicar algo relacionado ao plano de salvação traçado desde sempre.

O receptor de uma profecia que vem a saber algo simplesmente o sabe porque Deus quis que fosse assim, porque quis se comunicar assim ou o permitiu dessa maneira, mas isso não é, em absoluto, adivinhar o futuro.

O fim do mundo

Também o dia do juízo final é um segredo que jamais foi revelado. Com relação ao final da história, todos os videntes concordam em duas características principais>

1. Em primeiro lugar, todos indicam uma revolução originada desde a impiedade, constituída por uma oposição formal a Deus e à sua verdade, e manifestada na perseguição mais atroz pela qual a Igreja já passou.

2. Em segundo lugar, todos prometem para a Igreja a vitória mais esplêndida que já teve na terra.

Estas realidades, em suma, não são novas, pois Jesus já afirmou: “No mundo tereis tribulações. Mas ânimo! Eu venci o mundo” (cf. Jo 16, 33); “Eu vos disse isso para que, quando chegar a hora, vos lembreis de que já vos havia dito” (cf. Jo 16, 4).

Estas profecias – as privadas – não nos iluminam mais do que as
  • 1
  • 2
  • 3
Tags:
Igreja
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia