Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Sexta-feira 16 Abril |
Santa Maria Bernarda (Bernadete) Soubirous
home iconReligião
line break icon

Cem anos de luz para o mundo

Família Cristã

Família Cristã - publicado em 28/08/14


).

Sal e luz para o mundo

Os exemplos de Cristo Mestre e o Apóstolo Paulo estimularam o Pe. Alberione a procurar comunicar a «Boa Nova» aos homens e às mulheres dos tempos modernos: «Espalhe a Palavra divina através da imprensa: apresentai-a com o mesmo entusiasmo que Jesus Mestre manifestou ao pregá-la; com o mesmo ardor que animou São Paulo ao difundi-la; com a graça e a humildade com que Maria se tornou Mãe do Verbo Encarnado.» João Paulo II considerava Alberione o primeiro apóstolo da Nova Evangelização. Ele dizia que os que trabalhavam na obra paulista tinham de ser sal e luz para o mundo: «Não tratar somente de religião, mas falar de tudo cristãmente.»

A devoção a Nossa Senhora, Rainha dos Apóstolos, como Mãe que dá o Filho ao mundo, e São Paulo, como modelo para fazer-se «tudo a todos» inspira os Paulistas neste apostolado.

O Papa Paulo VI chegou a dizer que Alberione «deu à Igreja novos instrumentos para se exprimir, novos meios para dar vigor e desenvolvimento ao seu apostolado, novas capacidades e nova consciência do valor e da possibilidade da sua missão e com meios modernos» (Beato Tiago Alberione).

Depois da obra feita, o fundador deixou fisicamente os seus filhos espirituais na tarde do dia 26 de novembro de 1971. Paulo VI visitou-o e ajoelhou-se junto do leito onde estava moribundo. A ligação entre eles era especial, admiravam-se mutuamente e isso ficou ainda mais evidente num episódio que é hoje ainda lembrado por todos. O Pontífice recebeu vários membros dos institutos paulistas no dia 28 de junho de 1969, na Sala Clementina do Vaticano, numa audiência onde proferiu as seguintes palavras sobre Alberione e que sintetizam a sua vida: «Ei-lo: humilde, silencioso, incansável, sempre vigilante, sempre recolhido nos seus pensamentos, que vão da oração à ação (segundo a fórmula tradicional: ora et labora), sempre atento a perscrutar os "sinais dos tempos", ou seja, as formas mais geniais para chegar às almas; o nosso padre Alberione deu à Igreja novos instrumentos para infundir vigor e amplitude ao seu apostolado, nova capacidade e nova consciência da validade e da possibilidade da sua missão no mundo moderno e com os meios modernos.»

A sua obra ficou para a história e os homens e as mulheres de hoje continuam a escrevê-la com o foco no futuro. O Papa João Paulo II, aquando da abertura do centenário do nascimento do Pe. Alberione (4 de abril de 1884), discursou a um grupo de religiosos e religiosas, dizendo: «A Família Paulista é uma árvore, porque na multiplicidade dos seus ramos, único foi e permanece o tronco original e – o que é mais importante – única é a linfa vital que a alimenta e a faz desenvolver.» (O cooperador paulista, setembro de 1983)

Explorar novos caminhos

Volvidos 100 anos, trabalha-se para que esta seja uma árvore que continue a dar frutos. Antecipam-se novos desafios, avizinham-se as dores do crescimento e as dificuldades naturais que surgem quando se quer ir mais longe.

Os bispos portugueses publicaram em maio passado uma nota pastoral sobre o centenário da Família Paulista. Elogiaram o «carima que Deus deu à Igreja e ao mundo por meio do beato Alberione» e afirmaram que todos «são convidados a olhar para o futuro, para os homens e mulheres deste novo século, preparando-se para fazer melhor, para que também no novo "continente digital" em que vivemos brilhe a luz do Evangelho, se possa conhecer o rosto de Cristo, seja possível ouvir a sua voz e acolhê-lo como o Caminho, a Verdade e a Vida».

O futuro exige que se abram novos caminhos, atenção aos novos contextos deste tempo que é o nosso: «Sempre atenta aos sinais dos tempos, a Sociedade aceitará e fará seu qualquer outro meio mais célere e eficaz que a inteligência humana descobrir, para o maior bem dos homens.» (Constituições e Diretório da Sociedade São Paulo)

Agora que se celebram cem anos de vida, é tempo de se projetar o olhar para longe. Combater o bom combate para se chegar aos homens e às mulheres do século XXI e recorda-se de maneira especial um pensamento do beato Alberione: «A única derrota na nossa vida é desanimar diante das dificuldades, ou melhor, abandonar o combate. Para o homem: se morre combatendo, é um vencedor; se abandona o combate, é um vencido; e o lugar dos vencidos é o inferno. "Ao vencedor darei do maná escondido." Vale a pena lutar pelo saber e pela verdade.» (Pensamentos, Tiago Alberione)

Sílvia Júlio

  • 1
  • 2
  • 3
Tags:
Comunicação
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
KRZYŻYK NA CZOLE
Beatriz Camargo
60 nomes de bebês que carregam mensagens poderosas
2
Pe. Zezinho
Reportagem local
Não desprezem o templo nem posem de católicos avançados, alerta o...
3
MIGRANT
Jesús V. Picón
O menino perdido no deserto nos convida a refletir
4
Frei Jorge e o cãozinho frei Carmelito
Francisco Vêneto
Humanizar os animais não é amá-los, pois desrespeita sua natureza...
5
São José e a Sagrada Família
Reportagem local
Oração a São José para nos guiar “no caminho da vida”
6
Aleteia Brasil
Havia um santo a bordo do Titanic?
7
CHORA KOBIETA
Reportagem local
9 armas espirituais para utilizarmos na pandemia
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia