Aleteia logoAleteia logoAleteia
Quarta-feira 26 Janeiro |
São Timóteo e São Tito
Aleteia logo
Atualidade
separateurCreated with Sketch.

Estado Islâmico ameaça ‘destronar’ Putin por seu apoio ao regime sírio

<p>O Ministério Público russo pediu nesta quarta-feira a restrição ao acesso a um vídeo postado no YouTube pelo Estado Islâmico (EI), que ameaça "destronar" Vladimir Putin em razão do apoio de Moscou ao regime sírio</p>

AFP - publicado em 03/09/14

A Rússia é o principal aliado de Damasco, a quem fornece armas

O Ministério Público russo pediu nesta quarta-feira a restrição ao acesso a um vídeo postado no YouTube pelo Estado Islâmico (EI), que ameaça "destronar" Vladimir Putin em razão do apoio de Moscou ao regime sírio.

O grupo também ameaçou desencadear uma "guerra no Cáucaso russo, a fim de libertá-lo".

Um pedido para restringir o acesso a um vídeo contendo "ameaças de terrorismo e de eclosão de uma guerra no Cáucaso do Norte" foi enviado nesta quarta-feira à Agência russa de Monitoramento dos Meios de Comunicação (Roskomnadzor), indicou o órgão em um comunicado.

Uma investigação por ameaça de ato terrorista e apelo público para violar a integridade territorial da Rússia também pode ser aberto, segundo a fonte.

Os jihadistas do EI postaram na terça-feira no Youtube um vídeo no qual é possível ver um avião de guerra fornecido, segundo eles, pela Rússia ao regime do presidente sírio Bashar al-Assad.

"Esta é uma mensagem para você, Vladimir Putin, estes aviões que você enviou para Bashar, vamos enviá-los para você, se Deus quiser", diz um dos jihadistas neste vídeo gravado em árabe e com legenda em russo.

A Rússia é o principal aliado de Damasco, a quem fornece armas.

"E nós vamos libertar a Chechênia e todo o Cáucaso, se Deus quiser. Teu trono está ameaçado e ele vai cair quando chegarmos a sua casa", acrescenta o militante do EI.

Após a primeira guerra da Chechênia (1994-1996) entre os separatistas e as forças federais russas, a rebelião se islamizou gradualmente até se tornar na década de 2000 em um movimento islamita armado ativo em todo o Cáucaso do Norte.

O EI, que proclamou um califado em vastas regiões conquistadas nos últimos meses no Iraque e na Síria, reivindicou a recente decapitação de dois jornalistas americanos, James Foley e Steven Sotloff.

O grupo também ameaçou matar um terceiro refém, um britânico identificado como David Cawthorne Haines.

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

PT300x250.gif
Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia