Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Domingo 29 Novembro |
Bem-aventurados Dionísio da Natividade e Redento da Cruz
home iconEstilo de vida
line break icon

E eu achava que cuidar da casa era fácil...

© gpointstudio/SHUTTERSTOCK

Revista Ser Persona - publicado em 04/09/14

Divertido relato de um executivo que assume o papel de “dona de casa” durante duas semanas

Um belo dia, pouco depois do pedido de demissão da nossa doméstica, minha sogra convidou minha esposa para uma viagem de duas semanas, não sei com que intenções.

“Para que ela descanse!”, disse-me, endurecendo a voz e com um olhar desafiador.

Dando-me por aludido e com um sorriso irônico, respondi:

– Excelente! Cancelarei minhas importantes tarefas profissionais, tirarei umas férias coincidindo com a viagem e descansarei encarregando-me pessoalmente de que não se note a ausência da minha esposa, no relativo, a senhora sabe, a cuidar das crianças, cozinhar, limpar e todo o resto. Tudo isso fica por minha conta. Viajem tranquilas.

Minha nunca suficientemente bem ponderada sogra, levantando o queixo e uma sobrancelha, deu meia volta com um “Sei… Veremos!”.

Com minha ampla experiência em planejamento, tracei um perfeito plano de logística, como vocês sabem: prever, planejar, controlar etc. Tal plano incluía, como principal motivação, tempos de lazer para mim mesmo e para o meu cachorro, assistindo aos meus programas favoritos – ele com seus petiscos e eu com ótimas cervejas. E as crianças na escola.

No primeiro dia, meus filhos foram ao colégio e eu comecei tudo com muito dinamismo, com o objetivo de esperar minha esposa com uma série de recomendações para melhorar e simplificar suas tarefas – recomendações delicadas e sugestivas, mas, finalmente, evidências da minha capacidade e genialidade.

Com entusiasmo e de brincadeira, ao ficar sozinho, ensaiei meu discurso tendo meu cachorro como plateia; ele parecia concordar com tudo, latindo e balançando com alegria seu rabo.

Suspeito que minha esposa e minha sogra já sabiam. Mordi a isca e me lancei a realizar tarefas simultâneas muito diversas, para que tudo funcionasse: limpar a casa, lavar a louça, fazer compras, dar banho no cachorro, recolher seu cocô, levá-lo para passear, prepara o almoço, buscar as crianças na escola, ir à reunião escolar, receber as más notícias das notas, acalmar as brigas, revisar as tarefas escolares, pagar as contas etc.

Ao mesmo tempo, recordar que há roupa no varal quando vai chover, que remédios e a que horas as crianças tomam, fazer a lista de compras… Mas aí acabou o papel higiênico! Uma escova de dentes sumiu. Era preciso preparar o lanche das crianças, passar o uniforme escolar do dia seguinte. E um ralo entupiu! Nossa, nossa, que loucura!

Bem, fui parar no hospital. Diagnóstico: cansaço, neurose, estresse.

“Tire umas férias, você está precisando”, disse seriamente o médico, recitando-me um antidepressivo, enquanto eu tentava fazer cara de alto executivo em crise, sem dizer-lhe a verdade.

Este final de semana será o último da viagem e minha esposa chegará na segunda-feira. Não pretendo sair de casa. Ninguém vai tomar banho, trocar de roupa ou se pentear, nem eu vou fazer a barba.

A casa parece um campo de refugiados, mas, se meus filhos não se importam com isso, muito menos eu. E não interessa o que a minha sogra vai dizer; vamos pedir pizzas e dar as sobras para o cachorro. Aliás, faz três dias que ele não balança mais o rabo…

(Artigo de Alfonso Lira Ibarra, publicado originalmente pela revista Ser Persona)

Tags:
Família
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
POPE URBI ET ORBI
Reportagem local
Bênção Urbi et Orbi do Papa Francisco nesta s...
Folheto divulgado por Antônio Carlos da Silva
Reportagem local
Eu nasci mais ou menos em 1988: os 27 anos da...
READING
Gelsomino Del Guercio
3 regras fundamentais para os leitores da mis...
SANTUÁRIO DE APARECIDA INTERIOR BASÍLICA
Reportagem local
Suposto surto de covid-19 entre padres do San...
Jesús V. Picón
Padre com câncer terminal: perde os olhos, ma...
FATIMA
Philip Kosloski
Nossa Senhora de Fátima tem um conselho para ...
Medalha Milagrosa verdadeira ou falsa
Reportagem local
Cuidado: saiba distinguir entre a real Medalh...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia