Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Quinta-feira 26 Novembro |
São Silvestre Guzzolini
home iconReligião
line break icon

Papa ensina a corrigir quem pecou contra mim

CTV

Vatican News - publicado em 08/09/14

Correção fraterna, mas nada de insultos ou fofocas: "isso é feio", "insultar não é cristão", afirmou o Papa Francisco

O Papa Francisco explicou nesse domingo como se deve corrigir uma pessoa que pecou contra um de nós. 

Jesus – explicou o Papa durante o Angelus – nos ensina que se o meu irmão comete um pecado contra mim, eu devo ter caridade para com ele e, antes de tudo, falar pessoalmente com esta pessoa, explicando-lhe que o que disse ou fez não é bom.

Se o irmão não me ouvir, Jesus sugere uma ação progressiva: primeiro, voltar a falar com ele com outras duas ou três pessoas; se, não obstante isso, ele não acolher a exortação, é preciso dizer à comunidade; e se não ouvir sequer a comunidade, é preciso fazer com que sinta a fratura e o distanciamento que ele mesmo provocou.

Todavia – advertiu Francisco – neste itinerário é preciso evitar o clamor da fofoca da comunidade. A atitude é de delicadeza, prudência, humildade, atenção para com quem pecou, evitando que as palavras possam ferir e matar o irmão. 

"Vocês sabem que as palavras matam: quando falo mal, faço uma crítica injusta, isso é matar a fama do outro."

"Ao mesmo tempo, esta discrição tem a finalidade de não mortificar inutilmente o pecador. O objetivo é ajudar o irmão a perceber o que ele fez. Isso também nos ajuda a nos libertar da ira e do ressentimento que nos fazem mal e que nos levam a insultar e a agredir." 

"Isso é feio. Nada de insultos. Insultar não é cristão", afirmou o Papa Francisco.

Na realidade – explicou o Papa –, diante de Deus somos todos pecadores e necessitados de perdão. Jesus, de fato, nos disse para não julgar. A correção fraterna é um serviço recíproco que podemos e devemos fazer uns aos outros. E é possível e eficaz somente se cada um se reconhece pecador e necessitado do perdão do Senhor. A mesma consciência que me faz reconhecer o erro do outro, antes ainda me lembra que eu mesmo errei e erro tantas vezes.

Por isso, no início da Santa Missa, todas as vezes somos convidados a reconhecer diante do Senhor que somos pecadores, expressando com as palavras e os gestos o sincero arrependimento do coração. E dizemos: “Senhor, tende piedade de mim”, e não “Senhor, tende piedade dessa pessoa que está a meu lado”. Todos somos pecadores e necessitados do perdão do Senhor.

Entre as condições que são comuns dos que participam da celebração eucarística, duas são fundamentais, ressaltou o Papa: todos somos pecadores e a todos Deus doa a sua misericórdia. “Devemos nos lembrar sempre disso antes de corrigirmos fraternalmente o nosso irmão.”

(Rádio Vaticano)

Tags:
Papa FranciscoPecado
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
MARYJA
Philip Kosloski
A melhor oração mariana para quando você prec...
Papa Francisco com máscara contra covid
Reportagem local
As 3 “covids” do Papa Francisco
WEB2-COMMUNION-EUCHARISTIE-HOSTIE-GODONG-DE354465C-e1605635059906.jpg
Reportagem local
Internado na UTI, Pe. Márlon Múcio continua c...
pildorasdefe.net
Por que você não vai para frente? Talvez este...
No colo de Maria
Como rezar o terço? Um guia ilustrado
Confissão não é para contar problemas, mas para contar pecados
Pe. Gabriel Vila Verde
Confissão não é para contar problemas, mas pa...
RED WEDNESDAY
Reportagem local
Perseguição aos cristãos no mundo é denunciad...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia