Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

Conferência de Paris promete apoiar Iraque

(1 set) Soldados iraquianos comemoram a libertação do vilarejo de Sulaiman Bek de combatentes do Estado Islâmico

Compartilhar

O apoio será dado "respeitando o direito internacional e a segurança das populações civis"

Os países reunidos na Conferência Internacional sobre a Segurança no Iraque prometeram nesta segunda-feira apoiar a luta do país contra o grupo Estado Islâmico (EI) com todos os meios necessários, inclusive militares, afirma o texto final do encontro.

"Os participantes na conferência de Paris afirmaram que o Daesh (acrônimo árabe do EI) constitui uma ameaça para o Iraque, mas também para toda a comunidade internacional", destaca o texto.

"Destacaram a necessidade urgente de acabar com a presença do Daesh nas regiões em que assumiu posições no Iraque. Com este objetivo, se comprometeram a apoiar por todos os meios necessários o novo governo iraquiano em sua luta contra o Daesh, inclusive com uma ajuda militar apropriada, correspondente às necessidades manifestadas pelas autoridades iraquianas", completa o documento.

O apoio será dado "respeitando o direito internacional e a segurança das populações civis", completou.

Ao abrir a conferência, os presidentes francês, François Hollande, e iraquiano, Fuad Masum, fizeram um apelo urgente para a ação internacional contra o EI.

Hollande ressaltou que "não há tempo a perder".

Quase 30 países estavam presentes na conferência, incluindo os cinco membros permanentes do Conselho de Segurança da ONU.

Tags:
Mundo