Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Domingo 09 Maio |
home iconAtualidade
line break icon

A Igreja acredita em uma sociedade mais sólida e menos materialista

arka38

Alvaro Real - publicado em 18/09/14

Representantes de 29 países europeus buscam soluções para a crise social e econômica europeia

Esta semana estão reunidos em Madri líderes católicos envolvidos no apostolado social da Igreja em 29 países europeus.

Organizado pelos bispos católicos da Europa (CCEE e COMECE), o encontro quer ser uma oportunidade para refletir sobre a missão da Igreja na sociedade contemporânea. Dom Duarte da Rocha, secretário geral do COMECE, conversou com a Aleteia. 

Quais são os objetivos destas Jornadas Europeias Sociais Católicas?

Os grandes objetivos são dois. O primeiro é reunir as pessoas que trabalham, que estão envolvidas em uma reflexão sobre a visão da Igreja na Europa, sobre a Europa e as questões sociais. Reunir durante três dias estas pessoas para que se conheçam e possam criar entre elas uma rede de pessoas de boa vontade, esse já é um grande objetivo. É criar uma semente que crescerá. Um segundo objetivo é a reflexão e o aprofundamento dos temas que hoje preocupam os europeus. 

O Papa Francisco trouxe uma nova perspectiva. Os senhores irão falar da busca de identidade da Europa de hoje?

Acreditamos na continuidade. Tínhamos João Paulo II, que dava muita importância à pessoa e à família como base do trabalho social; tivemos Bento XVI, que nos ajudou a compreender a caridade e a verdade juntas, como criadoras da cultura da gratidão. Agora tempos o Papa Francisco, que nos diz que é preciso se unir para criar uma ideia única, mas uma realidade social renovada. A grande contribuição da Igreja é que se a Europa quer um novo rosto terá que ser uma Europa que se abre a grandes verdades: a pessoa, a caridade e a fé.

Um dos problemas que preocupam o Papa Francisco é o futuro dos jovens. O que pode dizer a Igreja aos jovens, em relação ao futuro deles?

Parece-me que existem duas coisas que a Igreja busca sempre dizer. A primeira: não podemos perder a esperança. Não porque resolveremos todos os problemas, mas porque Deus está conosco. Se temos Deus do nosso lado, temos esperança e força para criar e para nos ajudarmos uns aos outros.

Em segundo lugar, a Igreja acredita verdadeiramente que uma sociedade mais sólida e menos materialista é uma sociedade onde todos têm a possibilidade de encontrar trabalho. Não se pode criar um capitalismo sem rosto, somente econômico, sem se preocupar com as redes sociais de ajuda. É preciso criar uma maneira diferente de pensar a sociedade. A juventude não pode perder a esperança e a sociedade precisa ser mais unida.

Leva-se em conta o que diz a doutrina social da Igreja no momento de construir a Europa?

Se olharmos as origens da União Europeia é certo que as pessoas que estavam na origem dela eram, em sua maioria, cristãos ou católicos. A história destes 70 anos não foi sempre cristã; foi uma história que vê a Europa também se distanciar muito do caminho que tinha empreendido e danificar muitos valores, como aquele da vida e da família, o valor da solidariedade ou da gratidão. Estamos em um momento onde a União Europeia precisa refletir novamente, mas a União Europeia não é algo de abstrato: é composta de pessoas, e devemos ter pessoas mais formadas e mais envolvidas no interior das instituições. Precisamos ser fermento no interior. 

Tags:
CristãosEconomiaEuropaIgrejaPolíticaSociedade
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Top 10
1
Bebê anjo
Reportagem local
“Tchau, papai”: as últimas palavras que Maurício ouvi...
2
Sangue de São Januário ou San Gennaro
Francisco Vêneto
Milagre do sangue de São Januário volta a ocorrer em Nápoles
3
Monsenhor Jonas Abib, fundador da Canção Nova
Reportagem local
Fundador da Canção Nova, monsenhor Jonas Abib é diagnosticado com...
4
ARGENTINA
Esteban Pittaro
Polícia interrompe missa de Primeira Comunhão ao ar livre
5
CANDLELIGHT PROCESSION AND ROSARY
Elizabeth Zuranski
A oração escondida no fim da Ave-Maria
6
ELDERLY,WOMAN,ALONE
Aleteia Brasil
O pe. Zezinho e a mãe que espera há 30 anos, sem sucesso, pelo pe...
7
Sangue de São Januário ou San Gennaro
J-P Mauro
Vídeo mostra a última liquefação do sangue de São Januário
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia