Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Segunda-feira 30 Novembro |
São Mirocletes
home iconAtualidade
line break icon

Escócia vota em referendo sobre independência

<p>Defensores da independência (D) e e da permanência da Escócia no Reino Unido (E) diante de entrada de local de votação na zona sul de Glasgow</p>

AFP - publicado em 18/09/14

A última pesquisa, divulgada a 24 horas da votação, apontava uma vantagem de 5% do 'não'

A Escócia comparece às urnas nesta quinta-feira para o referendo de independência que decidirá o futuro do Reino Unido após 300 anos de existência.

Os locais de votação abriram as portas às 6h00 GMT (3H00 de Brasília) e os eleitores terão a possibilidade de depositar os votos até 21H00 GMT (18H00 de Brasília).

Os defensores da independência e os partidários da permanência da Escócia no Reino Unido tentavam influenciar até o último momento os eleitores.

Quase 4,3 milhões de residentes na Escócia devem responder "sim" ou "não" à pergunta "Você acredita que a Escócia deveria ser um Estado independente?".

O tema monopoliza a imprensa britânica e os jornais escoceses têm manchetes como "O dia do destino" (The Scotsman) e "Escolha bem, Escócia" (Daily Record).

Uma das celebridades que havia permanecido em silêncio sobre o tema, o tenista Andy Murray, parece ter feito sua escolha.

"Grande dia para a Escócia hoje! A negatividade da campanha do ‘não’ nos últimos dias mudou totalmente minha visão, ansioso para ver o resultado. Vamos fazer!, escreveu no Twitter.

A mensagem de Murray foi compartilhada mais de 12.000 vezes. Apesar do apoio, o tenista, de 27 anos, não pode votar no referendo por não morar na Escócia.

"É o dia mais importante da democracia escocesa, um dia que a Escócia não esquecerá", disse o líder independentista e chefe de Governo, Alex Salmond, no ato que encerrou a campanha na quarta-feira à noite.

Os resultados totais e definitivos serão conhecidos a partir de 5H00 GMT (2H00 de Brasília) de sexta-feira. O referendo não terá pesquisas de boca de urna, mas se a margem de diferença for grande, o resultado pode ser conhecido antes.

A última pesquisa, divulgada a 24 horas da votação, apontava uma vantagem de 5% do ‘não’. De acordo com a sondagem do instituto Panelbase, que entrevistou 1.000 pessoas, o ‘não’ à independência tinha 50%, o "sim" 45% e outros 5% estavam indecisos.

Mulheres e idosos parecem ser as pessoas com mais dúvidas sobre a independência, enquanto os homens da faixa dos 30 aos 60 anos são os mais favoráveis. Os jovens são considerados os mais voláteis. Pela primeira vez pessoas a partir de 16 anos podem votar no país.

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
READING
Gelsomino Del Guercio
3 regras fundamentais para os leitores da mis...
Aleteia Brasil
Oração do Advento
SANTUÁRIO DE APARECIDA INTERIOR BASÍLICA
Reportagem local
Suposto surto de covid-19 entre padres do San...
Jesús V. Picón
Padre com câncer terminal: perde os olhos, ma...
OLD WOMAN, WRITING
Cerith Gardiner
A carta de uma irlandesa de 107 anos sobre co...
FIRST CENTURY HOUSE AT THE SISTERS OF NAZARETH SITE
John Burger
Arqueólogo diz ter encontrado a casa onde Jes...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia