Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Segunda-feira 30 Novembro |
São Mirocletes
home iconAtualidade
line break icon

EUA: Câmara dos Representantes aprova ajuda a rebeldes sírios

<p>Um rebelde moderado mantém posição em meio à fumaça depois de um suposto ataque aéreo do Exército sírio em Aleppo, em julho de 2014</p>

AFP - publicado em 18/09/14

O plano aprovado pela Câmara dá carta branca ao Pentágono para equipar e treinar os rebeldes sírios

A Câmara dos Representantes dos Estados Unidos votou nesta quarta-feira a favor de um plano de ajuda para os rebeldes sírios moderados, que ainda deve ser aprovado pelo Senado, no primeiro passo da estratégia de Barack Obama contra a organização extremista Estado Islâmico.

Os legisladores adotaram a medida como emenda a uma lei de finanças, por 273 votos a 156. Vários parlamentares dos dois partidos – republicano e democrata – votaram contra esta iniciativa -, refletindo a divisão no Congresso em torno da estratégia do presidente Obama na guerra contra o EI.

O plano aprovado pela Câmara dá carta branca ao Pentágono para equipar e treinar os rebeldes sírios e determina que o Executivo apresente ao Congresso, a cada 90 dias, um relatório sobre sua execução, incluindo o número de combatentes formados e os grupos sírios beneficiados com treinamento, armas e equipamentos.

O projeto não prevê créditos adicionais para financiar a operação e destaca que não é uma autorização para envolver militares americanos no conflito.

A lei de finanças que engloba o plano foi posteriormente aprovada pela Câmara por 319 votos contra 108, e permitirá um financiamento temporário para o início do ano fiscal de 2015, que começa em 1º de outubro.

A medida, que será enviada ao Senado, financia o Estado federal até 11 de dezembro e após ser aprovada evitará a paralisação da máquina estatal a partir de 1º de outubro, como ocorreu no ano passado.

Com esse projeto de gastos temporários, os legisladores poderão promover um debate mais intenso – depois das eleições de metade de mandato no Congresso, em 4 de novembro – em torno da aprovação de uma nova autorização para o uso da força militar que daria mais poderes a Obama para travar uma guerra mais ampla contra os jihadistas no Iraque e na Síria.

Obama pressionou o Congresso com o objetivo de conseguir a cobertura política para iniciar uma ação militar na Síria contra o EI, embora a Casa Branca e muitos legisladores acreditem que o presidente tem a autoridade constitucional para realizar ataques aéreos na Síria, como fez no Iraque, para defender os interesses de segurança nacional.

O presidente da Câmara dos Representantes, o republicano John Boehner, saudou a votação como "um importante passo inicial contra o Estado Islâmico do Iraque e do Levante."

A medida foi articulada pelo presidente do Comitê dos Serviços Armados Buck McKeon, que, no entanto, é um dos muitos republicanos que acreditam que o plano de Obama é insuficiente para alcançar o objetivo de degradar e destruir o grupo Estado Islâmico, que invadiu grandes faixas territoriais do Iraque e da Síria e proclamou a criação de um califado nessa região.

Muitos democratas estavam pouco convencidos e coube ao número dois do partido na Câmara, Steny Hoyer, rebater os argumentos daqueles que se opõem e pedir o apoio do Congresso ao comandante-em-chefe em tempos de crise.

"Estamos unidos em nossa determinação de enfrentar esta ameaça. Podemos ter divergências neste plenário da Câmara, mas somos todos os americanos quando se trata de defender o nosso povo e o nosso país", disse Hoyer.

"Sabemos empiricamente que o custo de não fazer nada é grande demais", afirmou o legislador democrata.

Tags:
Mundo
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
READING
Gelsomino Del Guercio
3 regras fundamentais para os leitores da mis...
Aleteia Brasil
Oração do Advento
SANTUÁRIO DE APARECIDA INTERIOR BASÍLICA
Reportagem local
Suposto surto de covid-19 entre padres do San...
Jesús V. Picón
Padre com câncer terminal: perde os olhos, ma...
OLD WOMAN, WRITING
Cerith Gardiner
A carta de uma irlandesa de 107 anos sobre co...
FIRST CENTURY HOUSE AT THE SISTERS OF NAZARETH SITE
John Burger
Arqueólogo diz ter encontrado a casa onde Jes...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia