Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Quinta-feira 04 Março |
São Casimiro
home iconEspiritualidade
line break icon

Senti sua presença ao meu lado…

Catharinakerk / Flickr CC

Claudio de Castro - publicado em 18/09/14

Diante do sacrário, comecei a rezar o Pai-Nosso e senti Jesus me dizendo: “Espere: vamos fazer isso juntos”

Jesus é tão real para mim quanto você que lê estas linhas. É uma presença que não se pode explicar com palavras. Você precisa vivenciar. Ele é maravilhoso, único!

Uma vez o visitei em um sacrário próximo da minha casa e algo especial aconteceu. Você não imagina o entusiasmo que sinto ao visitá-lo. Ele é meu melhor amigo desde que eu era criança. Nunca tive outro amigo como Ele.

Fui vê-lo para acompanhá-lo por um tempo. Tinha muita coisa para contar-lhe. É interessante: ainda que eu tenha certeza de que Ele sabe o que lhe contarei, que conhece meus passos e minha vida, mesmo assim fico feliz em contar-lhe tudo, compartilhar minha vida com Ele.

Gosto de me sentar na frente do sacrário e dizer-lhe: “Jesus, eu te amo, você é tudo para mim”. Gosto de pensar como um amigo certa vez me disse: “No meu coração há um selo, e esse selo diz: ‘Jesus’”.

Naquela vez, eu olhei para Ele e lhe disse: “Por que você não sai desse sacrário e se senta aqui comigo?”. Não havia passado nem um segundo e eu já pude sentir sua presença, ao meu lado. Uma alegria inexplicável inundou minha alma. Naquela capela fechada, uma leve brisa me envolveu. Era como se Jesus me abraçasse.

Fechei os olhos para vê-lo com os olhos da alma e Ele estava ali, sentado ao meu lado, com sua túnica branca, brilhante como o mais puro sol, com um brilho espetacular, belíssimo. Ele me abraçou com força e sorriu. Lembro que eu lhe disse: “Obrigado, Jesus, por ser meu amigo”. E senti que Ele respondia: “Obrigado, Claudio, por ser meu amigo”.

Ele é o maior acontecimento da minha vida. Adoro que seja meu amigo. É um grande amigo. Ele deu tudo por mim. E por você. Ele se emociona quando você se confessa, quando pensa nele, quando diz que o ama. Sorri com entusiasmo quando você o visita no sacrário.

Eu o imagino como uma criança que espera os convidados da sua festa de aniversário. Passam as horas, ninguém chega, ele se inquieta e se entristece: “Será que virão me ver?”, pergunta-se, olhando pela janela.

E, de repente, a prota se abre… e é você. Ele pula de felicidade. Começa a chamá-lo pelo seu nome, com o coração batendo forte no peito. “Você veio me ver, obrigado! Eu estava tão sozinho aqui, esperando sua visita.”

Faz uma semana que me confessei. O bom padre me deu como penitência rezar um Pai-Nosso. Eu quis acompanhar Jesus e rezar na frente do sacrário. E o que aconteceu foi incrível.

Senti que Jesus se sentava ao meu lado, muito contente, emocionado, e me abraçava, feliz. “Parabéns! Você dá trabalho, Claudio, mas finalmente conseguiu!”. E nós dois sorrimos.

Comecei a rezar o Pai-Nosso e senti que Ele me dizia: “Espere, vamos fazer isso juntos”. E jutos começamos a rezar: “Pai nosso, que estais no céu…”.

Foi um momento especial, eu não esperava por isso. Éramos Jesus e eu, dois grandes amigos, juntos naquela capela, rezando uma oração milenária, a que Ele nos ensinou. Só pude dizer, ao terminar: “Como você é bom, Jesus!”.

Será tudo imaginação minha? Não sei, mas foi maravilhoso. E fico contando os minutos até voltar a vê-lo e estar com Ele naquele oratório, nesse pedacinho de céu onde sou feliz.

Hoje aconteceu de novo. Senti, de repente, a necessidade de fazer uma parada e rezar. Isso já aconteceu com você? Está distraído e subitamente sente como se algo o levasse à oração.

Você não entende, mas o que você sente é mais forte. É uma voz interior que o chama pelo seu nome e lhe diz: “Venha, é hora de rezar. Há tanta necessidade de oração no mundo!”.

Eu estava pronto para tomar café da manhã. Deixei tudo para fazer algo mais importante. E sentei para rezar. “Meu Deus, como você é bom!”.

  • 1
  • 2
Tags:
JesusOração
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
MIRACLE
Maria Paola Daud
Mateo se perdeu no mar… e apareceu nos braços do pai
2
SAINT JOSEPH
Philip Kosloski
10 coisas sobre São José que você precisa saber
3
MADONNA
Maria Paola Daud
A curiosa imagem da Virgem Maria protetora contra o coronavírus
4
missionárias mártires iêmen
Reportagem local
A corajosa última oração destas 4 freiras antes de serem mortas p...
5
KOMUNIA NA RĘKĘ
Claudio de Castro
Padre chora copiosamente diante da falta de respeito com a Eucari...
6
READING
Gelsomino Del Guercio
3 regras fundamentais para os leitores da missa
7
A Fé Explicada
Quais são os erros litúrgicos mais comuns na missa?
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia