Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Sábado 19 Junho |
São Romualdo
home iconAtualidade
line break icon

Líderes mundiais mostram compromisso em cúpula climática, mas sem anúncios concretos

<p>O presidente americano, Barack Obama, discursa na Clinton Global Iniciative, em Nova York, 23 de setembro de 2014</p>

AFP - publicado em 24/09/14

"Querem disfarçar as mesmas fórmulas capitalistas tomando as bandeiras dos movimentos ambientalistas", afirmou.

O presidente boliviano Evo Morales, que falou em nome do G77+China – presidido por seu país -, afirmou que as nações desenvolvidas devem tomar a iniciativa por sua responsabilidade histórica no aquecimento global.

Morales manifestou dúvidas em relação à sinceridade e à credibilidade de alguns, como por exemplo, os países que não ratificaram ou abandonaram o Protocolo de Kyoto, como Estados Unidos e Canadá.

Próxima escala: Peru

Mas a batalha para chegar a um acordo internacional está longe do fim.

China e Índia, que são ao lado dos Estados Unidos os maiores emissores de gases do efeito estufa, não enviaram seus principais líderes ao encontro e estarão representados apenas por um vice-primeiro-ministro, Zhang Gaoli, no caso de Pequim, e pelo ministro do Meio Ambiente, no caso indiano.

Pequim e Nova Délhi resistem a reduzir as emissões porque não aceitam desacelerar o crescimento e insistem que os países mais ricos devem pagar a maior parte da conta.

"A China está disposta a trabalhar com outros para construir um futuro melhor", disse Zhang.

Quase 250 presidentes de empresas participam da reunião de Nova York, assim como instituições financeiras e ONGs.

As primeiras reações das organizações ambientais foram comedidas.

"Saudamos os compromissos assumidos pela França e por outros, mas são insuficientes", comentou a ActionAid USA.

Para o Greenpeace, o anúncio é "um sinal importante para os países mais vulneráveis, mas os detalhes continuam ambíguos".

Os olhos do mundo estão voltados agora para o Peru, que em dezembro organizará a conferência da ONU sobre o clima, na qual o presidente Ollanta Humala espera que sejam estabelecidas "bases amplas e balanceadas para um acordo universal vinculante em Paris".

  • 1
  • 2
Tags:
Meio ambiente
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
BABY GIRL
Mathilde de Robien
12 nomes de meninas cujo significado é ligado a Deus
2
Lucía Chamat
A curiosa foto de “Jesus” que está comovendo a Colômb...
3
Reportagem local
Poderoso filme de 1 minuto sobre casamento rende prêmio a cineast...
4
POPE FRANCIS - PENTECOST MASS - SUNDAY
Comunidade Shalom
Depois da Comunhão, o que (e por quem) é mais aconselhável rezar?
5
Reportagem local
A oração que o Papa Francisco pediu para rezarmos “continua...
6
Timor-Leste
Ray Cavanaugh
A dolorosa trajetória recente do país mais católico do mundo depo...
7
Reportagem local
A oração que o Papa Francisco reza todas as noites
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia