Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Quarta-feira 25 Novembro |
São Pedro Yi Ho-Yong
home iconAtualidade
line break icon

Novos bombardeios na Síria; ONU se mobiliza contra jihadistas estrangeiros

Agências de Notícias - publicado em 24/09/14

Cerca de 12.000 combatentes estrangeiros procedentes de 74 países teriam se unido às organizações extremistas no Iraque e na Síria

A coalizão liderada pelos Estados Unidos voltou a bombardear posições do grupo Estado Islâmico (EI) na Síria e no Iraque, antes que as Nações Unidas comecem a analisar nesta quarta-feira em Nova York a luta contra o alistamento de jihadistas estrangeiros.

Os aviões da coalizão atacaram na madrugada desta quarta-feira posições e estradas de abastecimento do EI nos arredores da cidade curda de Ain al-Arab (Kobane em curdo), totalmente cercada por este grupo sunita ultrarradical, segundo o Observatório Sírio de Direitos Humanos (OSDH).

Os Estados Unidos indicaram, por sua vez, terem realizado dois ataques na Síria e um no Iraque que destruíram ou danificaram veículos de combatentes do EI.

Os novos bombardeios ocorrem um dia depois de Washington dirigir uma série de 16 ataques contra o solo sírio – os primeiros contra este território -, com seus aliados árabes (Jordânia, Bahrein, Catar, Arábia Saudita, Emirados Árabes Unidos). A França, por sua vez, também participou dos ataques aéreos contra o Iraque.

O Pentágono classificou estas operações de muito bem-sucedidas.

O presidente americano, Barack Obama, saudou a força da coalizão organizada sob sua iniciativa para destruir o EI no Iraque e na Síria, onde este grupo extremista controla amplas zonas.

Espera-se que Obama peça nesta quarta-feira um reforço desta coalizão durante a abertura da Assembleia Geral das Nações Unidas, em Nova York.

O primeiro-ministro britânico, David Cameron, declarou na terça-feira que seu país, que até agora havia se limitado a entregar armas aos combatentes curdos, não tem outra opção a não ser lutar contra o EI, razão pela qual a imprensa britânica considera que pode considerar participar dos bombardeios.

Combatentes de 74 países

Obama também presidirá uma reunião especial do Conselho de Segurança da ONU para adotar uma resolução com o objetivo de reduzir o fluxo de combatentes estrangeiros.

Cerca de 12.000 combatentes estrangeiros procedentes de 74 países teriam se unido às organizações extremistas no Iraque e na Síria, segundo o Centro internacional para o Estudo da Radicalização, com sede em Londres.

A maior parte deles é proveniente de países do Oriente Médio (Arábia Saudita, Jordânia) ou do Magreb (Tunísia, Marrocos), mas o número de europeus aumenta. O coordenador europeu para a luta contra o terrorismo, Gilles de Kerchove, contabiliza cerca de 3.000 pessoas.

Até o momento não há novas informações sobre o destino de Hervé Pierre Gourdel, o guia francês de 55 anos sequestrado no domingo pelo grupo jihadista argelino Jung al-Khilafa, que apoia o EI e que na segunda-feira ameaçou matá-lo se a França não renunciar aos bombardeios no Iraque em um prazo de 24 horas.

O presidente francês, François Hollande, rejeitou este ultimato e afirmou que a França continuará suas operações no Iraque.

"Não cederemos a nenhuma chantagem, a nenhuma pressão, a nenhum ultimato, por mais odioso ou desprezível que seja", disse Hollande em Nova York.

O grupo EI havia convocado na segunda-feira os muçulmanos a matar de qualquer forma cidadãos dos países que integram a coalizão internacional.

Na Austrália, a polícia matou com um tiro um suspeito de terrorismo depois que ele feriu dois agentes apunhalando-os várias vezes.

(AFP)

Tags:
Mundo
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
MARYJA
Philip Kosloski
A melhor oração mariana para quando você prec...
pildorasdefe.net
Por que você não vai para frente? Talvez este...
Medalha de São Bento
pildorasdefe.net
Oração a São Bento para afastar o mal e pedir...
Philip Kosloski
3 poderosos sacramentais para ter na sua casa
Reportagem local
Oração para afastar o mal de um recinto
No colo de Maria
Como rezar o terço? Um guia ilustrado
FATHER PIO
Maria Paola Daud
Quando Jesus conversou sobre o fim do mundo c...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia