Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Terça-feira 15 Junho |
São Vito
home iconAtualidade
line break icon

Razões para sermos gratos

Família Cristã

Família Cristã - publicado em 24/09/14

É por isso que a docente fala na necessidade de educar para a gratidão. E a investigação científica demonstra que as pessoas com uma relação de gratidão com a vida têm uma melhor saúde cardiovascular. Como é possível potenciar e desenvolver a gratidão todos os dias, Helena Marujo explica o primeiro passo a ser dado para se exercitar essa emoção positiva na nossa vida: «Tomando consciência que podemos escolher, ou seja, podemos viver focados naquilo que nos falta ou focados na esperança e na luta por atingir novas metas, mas suportados e apoiados no reconhecimento do que que já temos.» As pessoas podem escolher estar gratas por aquilo que viveram no dia de hoje, desenvolvendo a capacidade de reconhecer e aceitar a dádiva da vida.

Robert Emmons, um importante académico do movimento da Psicologia Positiva e autor do livro Obrigado! (Estrela Polar), refere que as pessoas que cultivam com frequência pensamentos de gratidão aumentam em 25% o seu índice de felicidade e sugere um registo diário de gratidão durante algumas semanas para com isso melhorar a qualidade do sono e aumentar a energia. «Descobrimos que a gratidão maximiza a apreciação do bem – a nossa apreciação dos outros, de Deus, das nossas vidas. A felicidade é facilitada quando apreciamos aquilo que nos foi dado, quando “desejamos o que temos”», escreveu este professor da Universidade da Califórnia em Davis.

Aos seus alunos, Helena Marujo pede que façam um jornal diário de gratidão onde relatam as experiências das “bênçãos” recebidas. Muitos têm dificuldade em descobrir as «coisas boas que acontecem» durante o dia. Quando entendem que podem registar as coisas mais simples da vida, como a delícia que foi terem comido um bom pastel de bacalhau ao lanche ou terem recebido uma mensagem ou telefonema de um amigo, reparam melhor na vida e saboreiam o quotidiano com outra emoção. A dificuldade em descobrir os «pontos de luz» do nosso dia é interpretada por esta investigadora como sinal de «uma sociedade centrada no que não funciona, vocacionada para a identificação dos problemas, dos défices, do que nos falta, para finalmente um dia, sermos felizes».

«Andamos muito focados em objetivos futuros sem sermos capazes de fazer o reconhecimento do aqui e agora. Este foco no futuro deixa alguns incapazes de ser sensíveis ao presente – e quando são sensíveis ao presente focam-se quase estritamente nas suas limitações», acrescenta.

Gratidão ajuda a ver mais longe

Quantas vezes damos por nós a pensar que só seremos felizes quando tivermos isto e aquilo? Que ainda não temos as condições que desejamos para tudo ficar bem? Acabamos assim por negligenciar uma componente fundamental da nossa felicidade. Menosprezando a gratidão por tantas coisas boas que temos dentro e fora de nós, fechamo-nos para a vida. Os entendidos dizem que a gratidão, sendo uma experiência emocional positiva, nos dá capacidade para ver melhor as soluções para os problemas da vida. Ao contrário das emoções negativas que nos bloqueiam e nos fecham, as emoções positivas abrem-nos para outras possibilidades de resolver as situações com maior criatividade.

A gratidão chegou à ciência e mostra-nos os benefícios que dela podemos retirar para transformarmos as nossas vidas. Quando Helena Marujo falava na importância de se estudar a gratidão, os colegas diziam-lhe que era «tema de Igreja». Concluiu-se que a gratidão, afinal, é também objeto de investigação científica, como experiência humana que é.

No Mestrado Executivo em Psicologia Positiva Aplicada no ISCSP-UL, Helena Marujo pede aos mestrandos para escreverem cartas de gratidão a alguém a quem se devam sentir gratos. A investigação tem-se revelado «muito interessante» porque, associado a este exercício, está também a leitura em voz alta ao destinatário da missiva: «Temos relatos de alunos que fortalecem imenso a relação que tinham com a pessoa escolhida e têm de volta um sentido de reconhecimento quando veem o impacto no bem-estar do outro. A gratidão é uma experiência emocional, mas quando ela é feita com este processo relacional transforma-se num bem relacional e, portanto, liga-se ao sentido da vida – e o que dá sentido à vida das pessoas são sobretudo as relações», conclui.

E porque estamos a falar de gratidão, falta ainda escrever duas palavras a si que me lê: muito obrigada.

Sílvia Júlio

  • 1
  • 2
Tags:
gratidaoValores
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
BABY GIRL
Mathilde de Robien
12 nomes de meninas cujo significado é ligado a Deus
2
Lucía Chamat
A curiosa foto de “Jesus” que está comovendo a Colômb...
3
POPE FRANCIS - PENTECOST MASS - SUNDAY
Comunidade Shalom
Depois da Comunhão, o que (e por quem) é mais aconselhável rezar?
4
Reportagem local
Poderoso filme de 1 minuto sobre casamento rende prêmio a cineast...
5
Reportagem local
Papa Francisco explica quais são os piores inimigos da oração
6
PASSION OF THE CHRIST
Cerith Gardiner
7 provações e tribulações que Jim Caviezel enfrentou ao interpret...
7
Reportagem local
Você é madrinha ou padrinho? Sabe o que isso significa?
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia