Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Quinta-feira 26 Novembro |
São Silvestre Guzzolini
home iconAtualidade
line break icon

Ucrânia cria zona desmilitarizada no leste

<p>(27 set) Soldado ucraniano passa por um militar russo, na região de Donetsk</p>

AFP - publicado em 29/09/14

Na manhã desta segunda, ainda eram registrados intensos tiroteios na região separatista de Donetsk

A zona tampão prevista no leste da Ucrânia por um acordo de paz entre o governo e os separatistas pró-russos deve ser implementada nesta segunda-feira, depois de vários confrontos que, nas últimas horas, deixaram 12 mortos.

Na manhã desta segunda, ainda eram registrados intensos tiroteios na região separatista de Donetsk, colocando em perigo a retirada das tropas para criar a zona tampão de 30 km.

"Nove soldados morreram e 27 ficaram feridos no total", indicou o porta-voz do Conselho de Segurança Nacional e Defesa, Andriy Lysenko.

Antes, a prefeitua de Donetsk informou sobre três civis mortos nas últimas 24 horas, assegurando que a situação na cidade era muito tensa.

Por seu lado, os separatistas asseguraram ter sofrido a perda de cinco combatentes em seu reduto, Donetsk.

Em 20 de setembro, Kiev, Moscou, os rebeldes e a Organização para a Segurança e Cooperação na Europa (OSCE) assinaram um memorando em Minsk que prevê a retirada do armamento pesado ao longo de 15 km de ambos os lados da linha de frente, o daria lugar a uma zonas tampão de 30 km de largura.

Reconhecendo sua influência sobre os separatistas, o exército russo prometeu agir para convencê-los a respeitar o cessar-fogo. "Nós iremos convencê-los. Isso é o mais importante", prometeu à televisão ucraniana o general russo Alexandre Lentsov.

Em virtude deste acordo, fica proibido sobrevoar a região, e todos os combatentes estrangeiros devem partir da Ucrânia.

No entanto, mais de uma semana depois, o acordo de paz continua sem ser implantado nas regiões separatistas de Donetsk e Lugansk, onde, em cinco meses, os combates deixaram mais de 3.200 mortos e provocaram o êxodo de 600.000 civis.

As partes em conflito iniciaram no sábado, às 18H00 (12H00 no horário de Brasília), um período de 24 horas em que devem respeitar escrupulosamente o cessar-fogo para iniciar uma retirada gradual de seus combatentes.

No domingo, o exército ucraniano indicou que vários "grupos armados fora do controle" estavam atirando contra as suas posições, sem causar vítimas.

Apesar dos incidentes, a violência está longe da intensidade que ainda prevalecia na semana antes do último acorde de Minsk.

Na área desmilitarizada haverá observadores ucranianos, russos, da OSCE e dos separatistas, segundo as fontes.

Os separatistas, que controlam uma área de cerca de 230 km ao longo da fronteira com a Rússia, rejeitaram, no entanto, a proposta de Kiev de conceder à região um "estatuto especial". A área representa 3% do território ucraniano, e 9% de sua população.

"O processo foi lançado. Agora é preciso discutir os aspectos políticos da situação e uma solução política para o conflito", declarou o ministro russo das Relações Exteriores, Serguei Lavrov, em entrevista ao canal Rossia.

Entrevistado pelo Kanal 5, o ministro assegurou que seu país não tem "nenhuma intenção de prosseguir com uma guerra de sanções" com os países ocidentais.

Tags:
Mundo
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
MARYJA
Philip Kosloski
A melhor oração mariana para quando você prec...
Papa Francisco com máscara contra covid
Reportagem local
As 3 “covids” do Papa Francisco
WEB2-COMMUNION-EUCHARISTIE-HOSTIE-GODONG-DE354465C-e1605635059906.jpg
Reportagem local
Internado na UTI, Pe. Márlon Múcio continua c...
pildorasdefe.net
Por que você não vai para frente? Talvez este...
No colo de Maria
Como rezar o terço? Um guia ilustrado
Confissão não é para contar problemas, mas para contar pecados
Pe. Gabriel Vila Verde
Confissão não é para contar problemas, mas pa...
RED WEDNESDAY
Reportagem local
Perseguição aos cristãos no mundo é denunciad...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia